Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Mapa gasta 18,3% do previsto em 2006

postado em 21/11/2006

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Notícia de Mauro Zanatta, para o jornal Valor Econômico, informou que a pouco mais de um mês da data-limite para a contratação de despesas com recursos orçamentários, o Mapa pagou apenas 18,3% do total de gastos previstos em 22 de seus principais programas e ações para 2006. No Ministério do Desenvolvimento Agrário, os desembolsos efetivos somam quase o dobro: 32,14% do orçamento das 13 atividades mais importantes.

A defesa agropecuária é uma das prioridades que têm sido afetadas pela paralisia nos gastos orçamentários. Segundo levantamento feito pelo jornal Valor Econômico no site Contas Abertas, o dinheiro para prevenir a influenza aviária, por exemplo, continua esterilizado. Há R$ 24 milhões emperrados na burocracia federal.

O combate às doenças da avicultura obteve só 20,6% dos R$ 5,4 milhões reservados no Orçamento da União. A aplicação dos recursos para investimentos também continuam devagar: apenas 56% do total de R$ 66 milhões autorizados foram comprometidos pelo ministério.

Sobre os convênios firmados com a defesa sanitária com os estados em junho, o ministro Luís Carlos Guedes Pinto negocia a destinação de R$ 60 milhões para honra-los. A erradicação da febre aftosa obteve até aqui somente 27% do total de R$ 53,5 milhões carimbados para a ação.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Franco Ottavio Vironda Gambin

Jambeiro - São Paulo - Produção de leite
postado em 21/11/2006

Este artigo só mostra o aumento espetacular do descaso.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade