Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Mato Grosso isenta ICMS de ovinocaprinocultura

postado em 26/09/2006

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A redução em 100% no valor da operação sobre a base do cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os produtos ovinos e caprinos deve alavancar o setor no Mato Grosso. O decreto estadual entrou em vigor dia 1º de setembro de 2006.

Na opinião do presidente da Associação de Ovinocultura de Mato Grosso (Ovinomat), Antônio Carlos Carvalho de Sousa, a medida veio em momento propício. "Com a criação dos Núcleos Regionais de Ovinocaprinocultura temos percebido que além dos pecuaristas, pessoas de outras atividades também estão dando início à criação de ovinos e caprinos, num processo de diversificação de produção. Isso é importante, porque esta é uma das atividades que mais geram emprego e renda para a população", destacou, em notícia da Ascom Famato.

A ovinocaprinocultura de Mato Grosso foi a que mais cresceu nos últimos anos, superando todos os demais estados brasileiros e mantendo uma média de crescimento de 800% ao ano, segundo a Ovinomat. A entidade espera passar das 650 mil cabeças, o rebanho atual, para 5 milhões de cabeças até 2010.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade