Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

México importa 43% da carne ovina consumida

postado em 10/08/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O México é um dos principais importadores de carne ovina do mundo, ficando em décimo quarto lugar. Durante o período de 2000 a 2007, a taxa média anual de crescimento das importações foi de 7%. Cerca de 43% da carne ovina consumida no México é provenientes das importações, o que representa uma oportunidade de negócio. Em 2008, o México importou 32.000 toneladas de carne fresca, refrigerada ou congelada.

As importações têm diminuído nos últimos anos, graças ao aumento da produção nacional, que cresceu 6%. Os países de onde o México mais importa carne ovina são Nova Zelândia e Austrália, com uma participação de 54,9% e 38,3%, respectivamente. Estados Unidos, Chile, Canadá e Áustria são outros países de onde o México compra carne ovina.

O produto mais importado pelo México são os cortes congelados sem desossar, com uma participação de 77%, sendo esses de baixo valor comercial, já que os países exportadores mencionados comercializam cortes finos e de alto preço para a Europa.

Os cortes sem desossar frescos ou refrigerados são as importações de maior valor. Os países de onde se importam esses cortes são Estados Unidos e Austrália, a um preço por quilo de 207 e 274 pesos (US$ 16,28 e US$ 21,55), respectivamente, em 2008.

Em 09/06/10 - 1 Peso Mexicano = US$ 0,07866
12,6726 Peso Mexicano = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do ElEconomista.com.mx, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade