Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Milho é adquirido para abastecer região da Sudene por Conab

postado em 22/11/2013

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

No dia 26 de novembro, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai promover um leilão para a compra de 10,3 mil toneladas de milho em grãos ensacado, com remoção simultânea para municípios da região da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), atingidos pela seca.

Nesta operação, os estados beneficiados são Alagoas (Arapiraca/550t e Maceió/800t), Bahia (Irecê/1.000t), Ceará (Maracanaú/1.050t), Maranhão (São Luís/600t), Minas Gerais (Almenara/500t, Araçuí/500t, Janaúba/500t, Januária/500t e Salinas/500t), Pernambuco (Bom Conselho/400t, Caruaru/700t, Itaíba/400t, São Bernardo do Una/400t e Sertânia/400t), Piauí (Campo Maior/300t) e Rio Grande do Norte (Currais Novos/300t, Jerônimo Câmara/600t e Mossoró/300t).

A compra tem como base a Lei Nº 12.806, de 7/05/13, que autoriza a Conab a adquirir até 550 mil toneladas de milho em grãos, em caráter excepcional, no ano de 2013, para venda direta a pequenos produtores nos municípios da Sudene.

O volume comercializado na próxima semana abastecerá a região no mês de dezembro. A operação Especial do Vendas em Balcão vai até 28 de fevereiro de 2014, de acordo com a portaria Interministerial 985 de 8/10/ 13.

As informações são da Conab, adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Vagner Lucas

Pedra Azul - Minas Gerais - Produção de leite
postado em 29/12/2013

Cadê o milho, fiz um cadastro em Almenara-MG  o qual foi aprovado já faz mais ou menos três meses e o milho sumiu, desapareceu, não chegou onde está?
Já sofremos bastante com a seca e agora a esperança que nos foi dada está tão distante, não podemos viver dizendo: a esperança é a última que morre.
peço que os setores ou as pessoas responsáveis por este programa façam que saiam do papel e estes recursos chegue ao produtor.
muito obrigado.

Vagner Lucas

Pedra Azul - Minas Gerais - Produção de leite
postado em 29/12/2013

Cadê o milho, fiz um cadastro em Almenara-MG  o qual foi aprovado já faz mais ou menos três meses e o milho sumiu, desapareceu, não chegou, onde está?
Já sofremos bastante com a seca e agora a esperança que nos foi dada está tão distante, não podemos viver dizendo: a esperança é a última que morre.
peço que os setores ou as pessoas responsáveis por este programa façam que saia do papel e estes recursos chegue ao produtor.
muito obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade