Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Morre o vice-presidente da FAESC

postado em 28/04/2014

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O vice-presidente da FAESC (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina), Nelton Rogério de Souza, faleceu neste domingo (27), às 11 horas da manhã, no Hospital de Caridade, em Florianópolis, vítima de câncer e de complicações cardiorrespiratórias.

O corpo está sendo velado na capela do Cemitério de Itacorubi, em Florianópolis, e será trasladado para Urupema, onde será velado na Igreja Matriz a partir das 10 horas da manhã desta segunda-feira (28) e sepultado no jazigo da família, no Cemitério Municipal, às 11 horas da manhã.

Nelton tinha 72 anos e ocupava a vice-presidência da Faesc desde 1997.

Nasceu em 10 de fevereiro de 1942 em Urupema, filho de Evaldo Pereira de Souza e Neci Fontanella de Souza. Casou-se com Neusa Carmem Formighieri de Souza, com quem teve duas filhas: Maria Cláudia de Souza Moia e Eloísa Cristina de Souza Santiago. Graduou-se pela Escola de Agronomia Eliseu Maciel, de Pelotas (RS).

Nelton teve intensa atividade comunitária, política e sindical. Elegeu-se prefeito de Urupema para o mandato de 1993 a 1996. Presidiu a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) no período de 1979 a 1983. Foi secretário executivo da Acaresc e presidente do Núcleo de Engenheiros Agrônomos do Vale do Rio do Peixe.

Presidiu o Conselho Paritário Produtor/Indústria do Estado de Santa Catarina (Conseleite) e foi um dos principais interlocutores do setor primário da economia barriga-verde.

Acometido de câncer na bexiga há vários anos, submetia-se a um tratamento rigoroso em Santa Catarina e, nos últimos anos, sofreu várias internações hospitalares. Mesmo assim, nunca abandonou suas funções nas instituições onde trabalhava.

O presidente da FAESC, José Zeferino Pedrozo, disse que “a perda é irreparável” e destacou o papel do dirigente falecido no fortalecimento do sindicalismo patronal rural em Santa Catarina.

As informações são da MB Comunicação Empresarial/Organizacional.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade