Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Nei Kukla fala sobre sobressemeadura no sul do país

postado em 26/05/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O leitor do FarmPoint Nei Antonio Kukla (Consultoria/extensão), de Porto União , Santa Catarina, enviou um comentário ao artigo "Métodos de sobressemeadura para produção das pastagens para ovinos e caprinos". Abaixo leia a carta na íntegra.

"Além da sobresemeadura em áreas já formadas com as espécies citadas, no sul do Brasil a grande maioria das propriedades que trabalham com a ovinocultura tem seus animais em potreiros, ou seja, em campos com grama nativa que geralmente apresentam baixíssimas produtividades e são inferiores qualitativamente, sendo tais características agravadas no período seco (inverno).

Bibliografias e experiências já desencadeadas nos estados do sul (RS, SC e PR) demonstram que o melhoramento dessas pastagens nativas ou naturalizadas apresenta excelentes resultados, pois o produtor pode fazer a sobresemeadura com espécies como azevém, trevos e no verão a introdução de espécies leguminosas como o amendoim forrageiro para enriquecer a qualidade da pastagem e obter melhoria na fertilidade do solo (visto a fixação de N pelas leguminosas), tudo isso fazendo sem precisar abandonar a grama nativa existente. Geralmente, nessas áreas apresenta-se condições de existência de espécies florestais nativas e que irão servir para o sombreamento dos piquetes promovendo o adequado e necessário conforto térmico dos animais.

Como citado pelos autores, a forma de sobresemeadura pode se dar de várias maneiras, porém, particularmente vejo a parcagem como sendo ideal para os campos nativos."

Clique aqui para ler mais opiniões sobre este assunto.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade