Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Nei Kukla: "o individualismo predomina no setor"

postado em 29/04/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O leitor do FarmPoint Nei Antonio Kukla (Consultoria/extensão), de Porto União, Santa Catarina, enviou um comentário à notícia "Daniel Legnaro fala da importância das cooperativas". Abaixo leia a carta na íntegra.

"Pois então, não resta dúvidas de que o sistema cooperativista é um dos melhores, senão o melhor sistema associativo que se tem.

Infelizmente, nossa cultura barra o sucesso de tal organização, pois ainda o individualismo predomina especialmente no setor agropecuário. Sendo assim, muitas vezes o produtor não tem escala sozinho para atender uma demanda, inviabilizando o seu próprio negócio. Então, por quê não se associar, cooperar com outros produtores que tem interesses comuns?

Em uma recente visita técnica na Cabanha Lomas Negras, município pequeno de Campo Alegre - SC, em um bate-papo com a proprietária sra. Lúcia Boussés, a zootecnista Olga e alguns ovinocultores que na ocasião foram em busca de informações sobre a atividade, um dos assuntos que mais nos prendemos foi o que fazer para garantir cordeiros de qualidade e quantidade, e o que norteou a conversa foi justamente o cooperativismo ou associativismo, embora haja diferença entre as duas formas de organização, mas ambas funcionam quando um produtor individual não consegue suprir a demanda.

Nesta empresa, Lomas Negras, além de sua produção própria eles fazem uma espécie de integração com os ovinocultores do município dando assistência técnica e fazendo o acompanhamento da produção e, no final do ciclo absorvem a produção destes criadores, pagando um preço "X" pelo produto e ainda concedem um prêmio em R$ a mais por qualidade de carcaça. Desta forma, garantem oferta contínua a seus clientes e estimulam que pequenos ovinocultores (pequenos não é sinônimo de "relaxo", pois todos independente do tamanho de sua criação devem ser profissionais para garantir sucesso econômico) cresçam na atividade.

Cooperativa, integração são formas de dar impulso a produção ovina."

Clique aqui para ler mais opiniões sobre este assunto.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade