Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Nova Zelândia: número de cordeiros aumenta, mas continua pequeno

postado em 03/12/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A safra de cordeiros da Nova Zelândia poderá aumentar quase 2 milhões de cabeças nessa primavera, mas ainda é a terceira menor desde o começo dos anos cinquenta. Um número estimado de 26,9 milhões de cordeiros foi previsto, que é 1,9 milhão a mais que no ano anterior, de acordo com o último relatório do Beef and Lamb New Zealand.

O diretor executivo do serviço, Rob Davison, atribuiu o aumento a um número um pouco maior de ovelhas cruzadas (+0,6%), condições favoráveis de alimentação antes do cruzamento e um aumento no número de cordeiros nascidos de borregas.

A porcentagem média de parição de cordeiros nacionalmente foi de 123 cordeiros nascidos por 100 ovelhas, mais que a taxa de 119 em 2011. Embora tenha havido regiões com clima desfavorável durante a parição, as práticas de manejo garantiram uma boa sobrevivência, disse Davison.

Os números de cordeiros na Ilha do Norte aumentaram 8,2% (990.000 cabeças), para 13,13 milhões de cabeças, enquanto os números da Ilha do Sul aumentaram 3% (398.000 cabeças), para 13,74 milhões.

O serviço previu que teria 20,5 milhões de cordeiros disponíveis nacionalmente para processamento na estação de 2012-13 - mais que os 8,4% estimados. Isso contrasta com os 18,9 milhões da última estação o menor desde 1960-61. O aumento seria parcialmente compensado por uma redução esperada de 2,1% no peso médio da carcaça para 18,3 quilos. Isso seguiu um retorno a condições climáticas mais normais após condições de cria na estação passada terem produzido cordeiros que alcançaram um recorde de 18,7 quilos.

Embora deva haver mais cordeiros, tem havido uma forte correção nos preços dos mesmos, com NZ$ 5-6 (US$ 4,11-4,94) por quilo no começo da estação, comparado com mais de NZ$ 8 (US$ 6,59) por quilo em 2011.

Uma previsão mais fraca para os preços criou incertezas referentes às decisões iniciais de planejamento, porque os ganhos de peso dos animais devido às lentas taxas de crescimento de pastagens podem ser ultrapassados pelos declínios esperados, disse o relatório.

Em 30/11/12 - 1 Dólar Neozelandês = US$ 0,82392
1,21340 Dólar Neozelandês = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do http://www.odt.co.nz, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade