Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

NZ: relatório mostra aumento do rebanho ovino em 2010

postado em 16/05/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O rebanho ovino da Nova Zelândia foi estimado em 32,6 milhões de cabeças em 30 de junho de 2010, 180.000 cabeças a mais do que em 2009, de acordo com o relatório final sobre estatísticas de produção agrícola do Statistics New Zealand, publicado em 12 de maio. Esse aumento ocorreu após reduções nos últimos anos. Em 2009, havia 32,4 milhões de ovinos, 1,7 milhão a menos do que em 2008. Em 2008, havia 34,1 milhões de ovinos, 4,4 milhões a menos que os 38,5 milhões de ovinos de 2007.

O aumento no número total de ovinos em 2010 ocorreu na Ilha Sul, onde o número foi 230.000 maior, para 16,5 milhões de cabeças. Na Ilha Norte, o número permaneceu estável, em 16 milhões de cabeças. Em 2010, havia 5,8 milhões de ovinos na região Manawatu-Wanganui, 30.000 a mais do que em 2009. Essa foi a maior região produtora de ovinos, seguida por Canterbury, com 5,7 milhões de ovinos; Otago, com 5,3 milhões; e Southland, com 4,6 milhões.

Durante o ano que terminou em 30 de junho de 2010, a extração de cordeiros totalizou 28,3 milhões, 260.000 a mais que no ano anterior.

A porcentagem de parição se recuperou em 2010, ficando em 127%, retornando ao nível registrado em 2006. Em 2008 e 2009, a seca afetou várias regiões, o que contribuiu para uma menor porcentagem de parição de cordeiros, de 119%. As condições climáticas foram mais favoráveis na maioria das regiões em 2010.

Os dados são do site www.stats.govt.nz, traduzidos e adaptados pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade