Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Oriente Médio: cresce demanda por carnes australianas

postado em 16/03/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A demanda do Oriente Médio por carnes vermelhas foi reforçada com uma quantidade recorde de exportadores australianos de carnes vermelhas participando do maior evento comercial de alimentos da região, o Gulfood.

O gerente regional do Meat and Livestock Australia (MLA) para Oriente Médio/África do Norte, Lachlan Bowtell, disse que 22 exportadores que participaram do evento de 21 a 24 de fevereiro receberam um interesse enorme. "O evento comercial permitiu que os exportadores se reunissem com os atuais clientes e determinassem planos de fornecimento para os próximos 12 meses. Além de fortalecer as relações com os clientes já existentes, houve vários novos pedidos, incluindo de mercados e produtos não tradicionais, incluindo carne caprina", disse ele.

"A forte demanda por produtos da Austrália foi muito estimulante de se ver. Porém, dois fatores predominantes que ditarão o comércio no Oriente Médio são o dólar australiano e a capacidade da Austrália de fornecer produtos".

As menores ofertas da Austrália têm levado o país a repensar na forma como a carcaça é utilizada. "No Gulfood houve uma notável mudança no foco, com alguns exportadores trabalhando com seus clientes para desenvolver programas de fornecimento de cortes ao invés de carcaça inteira, para ajudar na maior distribuição do produto".

A segurança alimentar da Austrália, bem como seus programas de certificação Halal são altamente conceituadas na região, com uma quantidade enorme de confiança sendo colocada nesses sistemas por governos e importadores locais.

"A segurança alimentar e a integridade é a chave para manter nossa participação de mercado e a comunicação desses programas para os comerciantes e consumidores é vital para o desenvolvimento de mercados essenciais".

Além da participação recorde dos exportadores australianos de carnes vermelhas no Gulfood, o compromisso da Austrália com a região também foi demonstrado pelo patrocínio do MLA de competições culinárias e de cortes, além de conferências e workshops de segurança alimentar junto com o evento comercial.

"O Gulfood confirmou que a carne vermelha australiana continua altamente procurada na região, devido a sua qualidade, segurança e certificação Halal. Essa demanda é apoiada pela busca na região para garantir fornecimentos adequados de alimentos para a população que está em expansão".

No ano passado, o Oriente Médio atraiu um recorde de 115.775 toneladas de carne bovina, ovina (cordeiro e carneiro), caprina e miúdos. As últimas previsões do MLA indicaram que as exportações de carne bovina e de cordeiro à região continuarão aumentando em 2010, ambas em 8%, enquanto as exportações de carne de carneiro deverão cair em 6%, devido às menores ofertas.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade