Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Ovinocaprinocultura: atividade rentável?

postado em 28/09/2012

51 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A ovinocaprinocultura é uma atividade que se encontra em expansão no Brasil. Sabe-se que muitos produtores ainda criam ovinos e caprinos como uma opção secundária e com baixa exploração comercial, inclusive, usufruindo da estrutura dos bovinos.

É interessante lembrar que para que o pecuarista garanta o máximo rendimento no seu negócio, é necessário que ele possua um nº ideal de animais na propriedade para ter giro de capital e escalonamento de produção, alcançando eficiência na atividade.

Nesse contexto, o FarmPoint pergunta aos leitores: a criação de ovinos e/ou caprinos está sendo rentável para o seu negócio? Participe compartilhando sua experiência com os outros leitores!

O FarmPoint desde já agradece a sua participação!

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Luciano Piovesan Leme

Barbacena - Minas Gerais - OUTRA
postado em 28/09/2012

Certamente este é um tema bastante controverso junto aos criadores por diversas razões:
1) Não é hábito entre a grande maioria dos criadores realizar uma contabilidade real e confiável que lhes permitam conhecer seus custos de produção, desde forma se não temos os custos na "ponta do lápis" não como indicar a rentabilidade de nosso negócio;
2) Certamente a escala de produção é um fator importante, entretanto a possibilidade de que o produtor esteja associado ou cooperado a uma entidade aglutinadora pode também determinar sua rentabilidade independente de seu tamanho na atividade, permitindo desta forma a viabilidade do negócio;
3) O mercado comprador necessita de regularidade de entrega e de cordeiros padronizados (peso vivo entre 35-42 quilos, idade média de 145 dias), desta forma é necessário que o criador conheça sua atividade, programe sua produção, possua estrutura de alimentação e instalações adequadas ao tamanho e necessidade do rebanho, assim é preciso profissionalismo.
4) Também é fundamental escolher raças que, aliadas ao manejo nutricional e sanitário, possam exprimir seu potencial de produção de carnes com bom peso ao nascimento (3,5-5 kgs.), bom peso ao desmame (20-25 kgs. aos 90 dias) e ganho de peso diário (280 a 330 grs./dia) que possam chegar aos 145-150 dias de idade com peso vivo médio de 35-42 kgs. prontos para o abate.

Atendidos os quesitos acima descritos, tenho absoluta certeza na rentabilidade da atividade de ovinocultura, com excelentes resultados aos criadores.
Vamos ampliar o debate e esperamos que a atuação profissional na atividade faça do Brasil uma referência mundial na produção de ovinos de corte.
Abraços,

Luciano Piovesan Leme
Ovinocultor
Presidente do NUCCORTE
Barbacena - MG

sergio saretto

Sobradinho - Distrito Federal - Produção de caprinos de corte
postado em 28/09/2012

Um questionamento muito pertinente, pois para quem, como eu que estáa pouco tempo na atividade ainda é uma grande interrogação. Qual seria a conformidade básica da criação para ser rentavel. No meu caso estabeleci a meta de ter um plantel de 100 femeas em 10 hectares de area produtiva para carne. Por enquanto estou formando um plantel a um baixo custo e investindo em infraestrutura. esta investimento inicial esta sendo bem pesado e não tenho certeza se será rentavel a este ponto. acho que a troca de experiencias será mito importante para se chegar a um denominador comum.

Marco Antonio Bohn

Estância Velha - Rio Grande do Sul - Consultoria/extensão rural
postado em 28/09/2012

Boa Tarde, Sr. Luciano!

Quais seriam os parâmetros mínimos para que alguém investisse na ovinocultura de corte, com produção de cordeiros, que pudesse se dedicar exclusivamente a este negócio. Quantidade mínima de matrizes e reprodutores, tamanho das pastagens nativas e cultivadas, mão de obra necessária, custos e receitas.
Caso o Sr. tiver estes dados, ficaria agradecido se pudesse me enviar.

Atenciosamente, Marco Bohn.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade