Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Paraíba avalia potencial genético de caprinos e ovinos

postado em 18/07/2007

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Com o objetivo de avaliar o potencial genético de caprinos da raça Boer e ovinos Santa Inês, o governo do estado da Paraíba, por meio da EMEPA (Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária do Estado da Paraíba), em parceria com o BNB (Banco do Nordeste do Brasil), promoverá de 30 de julho a 10 de novembro a primeira etapa das provas zootécnicas do estado.

As provas envolvem cerca de 80 animais e serão realizadas na Estação Experimental Benjamin Maranhão, em Tacima - PB. Terão duração de 84 dias, durante os quais os animais serão avaliados com base em cinco características: peso, carcaça, parâmetros de reprodução e características raciais.

"Os resultados dessas provas  são importantes, pois nós poderemos trazer ao mercado animais avaliados de forma científica, promovendo o desenvolvimento da caprinovinocultura através da melhoria genética", disse o presidente da Associação Paraibana dos Criadores de Caprinos e Ovinos (APACCO), Aralto Bonfim.

A pesquisa, além de identificar diferenças genéticas entre animais candidatos a reprodutores, irá melhorar as taxas de ganho de peso; diminuir o intervalo de gerações; antecipar a utilização de reprodutores testados e conscientizar os produtores da importância de um programa de avaliação de desempenho em confinamento.

"Elas irão oferecer garantias de que os investimentos financeiros que estão sendo realizados no manejo nutricional, sanitário e reprodutivo estarão sendo realmente utilizados por animais que têm o potencial necessário para atender essas expectativas, e assim, dar o retorno econômico esperado", disse o presidente da EMEPA, Miguel Barreiro.

Qualquer criador destas raças pode participar, sendo necessário que o animal seja um macho puro, com nascimento de 15 de janeiro até 28 de fevereiro deste ano, peso mínimo de 40 kg e máximo de 50 para os ovinos e 30-40kg para os caprinos. A inscrição será de 16 a 28 de julho, junto a EMEPA e associações parceiras do projeto.

As informações são do Núcleo de jornalismo científico APLCAPRI.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade