Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Pesquisa: tanino contra verminose

postado em 29/09/2008

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A descoberta ocorreu por acaso, mas já está virando pesquisa. O administrador da Fazenda Fortaleza do Seival, localizada em Candiota, no Rio Grande do Sul, Altino Raota, constatou que as ovelhas que pastavam entre os parreirais, comendo uvas ou bagaço de uva, tiveram significativa diminuição na incidência de verminose.

Na medida em que esta melhoria sanitária se repetiu muitas vezes, Raota resolveu chamar pesquisadores da Embrapa Pecuária Sul, que tem sua base em Bagé, próximo da Fortaleza do Seival, para que realizassem uma pesquisa mais aprofundada. A suspeita é que o tanino, presente nas uvas viníferas e na casca das acácias, está promovendo esta melhora.

Conforme a pesquisadora em parasitologia da Embrapa Pecuária Sul, CPPSUL, Izabella Cabral Hassum, este projeto de pesquisa está se iniciando agora, com a fase de planejamento, gestão e captação de recursos. "O que posso dizer é que esta é uma pesquisa inovadora pois até onde sei é a única que visa a utilização deste resíduo agroindustrial, rico em taninos condensados, com o propósito de controlar a verminose ovina", salienta. Ela acrescenta ainda que neste projeto está previsto testes in vitro (laboratoriais) e testes in vivo (nos animais a campo).

As informações são da assessoria de imprensa da Arco e da Embrapa Pecuária Sul, resumidas e adaptadas pela equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

GUILHERME DIAS MOREIRA

Brasília - Distrito Federal - Pesquisa/ensino
postado em 29/09/2008

Também estou trabalhando com tanino no meu mestrado, mas não provindo de uvas.
Gostaria de ter mais informações a esse respeito!

Atenciosamente,

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade