Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Petróleo está por trás do aumento dos insumos

postado em 12/05/2008

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A disparada de preços do petróleo no mercado internacional é o estopim não apenas da crise de alimentos no mundo, mas também é o fator principal da escalada de custos de produção da agricultura, entre os quais estão os fertilizantes.

Ocorre que várias matérias-primas usadas na fabricação de adubos e defensivos são subprodutos do petróleo. "O petróleo é o custo dos custos", observa Miguel Biegai, economista especializado em agroenergia da consultoria Safras & Mercado.

Segundo o diretor-executivo da Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda), Eduardo Daer, com o barril do petróleo rompendo a barreira dos US$ 100, "toda a energia renovável originária da biomassa vegetal tornou-se viável".

Peter Ahlgrimm, diretor do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola (Sindag), aponta a disparada do petróleo como um dos fatores que impulsionaram os preços dos defensivos agrícolas, além do aumento do consumo desses produtos por parte da Índia e da China.

"Várias matérias-primas que entram na formulação dos defensivos vem da nafta, um derivado do petróleo", afirma o executivo. A tendência dos preços dos defensivos para os próximos meses é de alta, segundo Ahlgrimm. Para traçar esse cenário ele considera que a principal fonte de matéria-prima do produto, o petróleo, que já passou US$ 120 o barril, e pode atingir US$ 200 entre 6 e 2 4 meses ,segundo p banco Goldman Sachs.

As informações são de Márcia De Chiara do jornal O Estado de S.Paulo.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Richard James Walter Robertson

Rio Verde de Mato Grosso - Mato Grosso do Sul - Consultoria/extensão rural
postado em 13/05/2008

Se tecnificar a pecuária leiteira significa depender mais do petróleo, pergunto:

Quais são os fertilizantes que utilizam mais o petróleo como matéria prima ? Se existem fontes alternativas para a fabricação destes fertilizantes e os custos prováveis, em comparação com o petróleo. A pesquisa daqui em diante terá que se programar para um eventual caos na indústria petrolífera, sob pena de comprometermos toda a economia mundial e, mais gravemente, a produção de alimentos.

Lourival Ramos

Brusque - Santa Catarina - Consultoria/extensão rural
postado em 15/05/2008

Neste caso de influência do petróleo no aumento de custos de insumos agrícolas, em especial, nos defensivos, é preciso que se encontrem alternativas de produtos que substituam matérias-primas do tipo nafta. Quem sabe o nosso governo direcione verbas específicas para que nossa universidades tenham condições de pesquisar.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade