Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Produção de leite ovino dá os primeiros passos na Nova Zelândia

postado em 30/09/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A produção de ovinos leiteiros será um grande negócio para os neozelandeses em um futuro próximo, disse o gerente do Blue River Dairy, que planeja liderar esse mercado após investir milhões de dólares em novo maquinário. A Blue River é uma companhia de produtos lácteos de leite ovino da Ilha do Sul que produz queijos, sorvete e leite em pó. Cerca de 80% do leite ovino em pó da empresa é exportado.

O gerente de produção da companhia, Robert Boekhout, disse que a companhia fez um investimento significante em uma planta de leite em pó enlatado. A máquina, que foi instalada mês passado, deu ao negócio uma flexibilidade maior para produção e permitiu adicionar fórmulas para bebês em seu portfólio de produtos. “O investimento nos deu capacidade de processar produtos de alto valor para serem exportados à Ásia, incluindo uma série de fórmulas para bebês”. A companhia também quer produzir fórmulas para bebês para o mercado doméstico, disse ele. A nova máquina estava processando cerca de 25 latas por minuto e é capaz de produzir até 50 latas por minuto, disse ele.

Nos últimos seis meses, o negócio crescente empregou quatro novos funcionários. Mais pessoas serão empregadas quando a produção de fórmulas infantis começar. “Esses são tempos animadores para o negócio e estamos nos baseando em 10 anos de trabalho duro”.

Embora sua experiência seja com a produção de leite de vaca, após 10 meses na Blue River ele disse que está convencido que o leite ovino é o futuro do setor leiteiro. “As pessoas estarão ordenhando ovinos na Nova Zelândia em breve, esse será o próximo grande “boom” leiteiro no país”.

Na semana passada, a Blue River ganhou o prêmio do Ministério das Indústrias Primárias na categoria de opção mais saudável para o leite ovino em pó, no New Zealand Food Awards. A coordenadora de marketing da Blue River, Hannah Shand, disse que os juízes descreveram o produto como “muito neozelandês”. “Essa é uma conquista fabulosa para qualquer produtor. Isso mostra que a Nova Zelândia produz produtos de primeira classe com um padrão técnico extremamente alto”. Os finalistas foram julgados por excelência técnica, inovação, apelo ao consumidor, sabor e embalagem.

A reportagem é do http://www.stuff.co.nz, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade