Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Produtividade e preços aumentam o PIB da agropecuária em 17% em relação a 2012

postado em 29/05/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Único destaque do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no primeiro trimestre de 2013, o desempenho do setor agropecuário tem sido impulsionado pela valorização dos preços internacionais das principais commodities agrícolas e pelo aumento da produtividade e da produção das lavouras. “Mais uma vez a agropecuária brasileira se revela o motor da economia do País e mostra em números sua força, puxando para cima o desempenho da economia brasileira. O agronegócio garantiu o PIB do primeiro trimestre de 2013 positivo”, afirma a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, nesta quarta-feira (29/05), que o PIB da agropecuária subiu 17% no primeiro trimestre de 2013, na comparação com igual período de 2012. Em relação ao quarto trimestre de 2012, o crescimento do PIB do setor foi de 9,7%. A presidente da CNA lembra que a colheita da maior parte das lavouras da safra de verão acontece nos primeiros meses do ano, o que refletiu positivamente no resultado divulgado hoje.

A expectativa é que o setor agropecuário cresça cerca de 9% no acumulado deste ano, sustentando o desempenho do agronegócio como um todo na casa dos 4,5% a 5%, o que aponta para a recuperação das perdas causadas por problemas climáticos em 2012. Os resultados de 2013 espelham o cenário favorável de preços no período de plantio, justificado pelas perdas de safra no hemisfério norte no segundo semestre do ano passado. A produção agropecuária colhida este ano resultou na safra recorde de cereais, fibras e oleaginosas, de 184 milhões de toneladas, puxada em especial pelas culturas da soja, cuja produção aumentou de 66,3 para 81,5 milhões de toneladas, do milho verão, de 33,8 para 34,8 milhões de toneladas, e do arroz, de 11,5 para 11,9 milhões de toneladas, entre outros. A safra de cana-de-açúcar alcançou 653,8 milhões de toneladas.

Para a CNA, a expectativa continua positiva para o ano, tendo em vista as sinalizações do Governo federal para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2013/2014, a ser anunciado na terça-feira (04/06) pela presidente da República, Dilma Rousseff. “Com o plano, esperamos que o governo solucione problemas estruturais que impedem um crescimento ainda maior do setor agropecuário”, afirma a presidente da CNA. Segundo ela, medidas para ampliar a capacidade de armazenagem da safra, criação de uma agência de extensão rural e ampliação da cobertura do seguro agrícola, além da expansão do crédito rural, garantirão a continuidade do ciclo de expansão da agropecuária brasileira em 2014.


As informações são da Assessoria de Comunicação CNA, adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade