carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Produtores de ovinos de Castilla y León, na Espanha, receberão 1,8 milhão de euros

postado em 13/11/2013

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Um total de 220 propriedades criadoras de ovinos da Comunidade de Castilla y León, na Espanha, será beneficiado com um subsídio de 1,8 milhão de euros (US$ 2,40 milhões) que o Conselho de Agricultura e Pecuária da Junta de Castilla y León concedeu a sete agrupações do setor, dentro das ajudas específicas para esse tipo de entidade. As propriedades pertencem às províncias de Ávila, Burgos, León, Palencia, Salamanca, Segovia, Valladolid e Zamora, segundo um comunicado emitido pelo Governo autônomo.

Essas ajudas, que serão concedidas às agrupações de produtores que comercializam em comum suas produções, têm como finalidade auxiliar nos investimentos das propriedades dos produtores, com o objetivo de melhorar a competitividade e a produtividade das mesmas, bem como “estimular” e “potencializar” a comercialização conjunta.

Os investimentos para os quais se concedem ajudas consistem principalmente em atuações em obra civil, equipamentos de ordenha e conservação de leite, maquinaria de transporte e manipulação para a propriedade e material de informática para gestão e controle da propriedade, entre outras. Além disso, os investimentos, dentro dessas ajudas, também se destinam aos subsídios para determinados gastos, principalmente gastos de substituição, tosquia e formação.

Desde 2008, quando se implantaram essas ajudas, foram concedidos mais de 11,1 milhões de euros (US$ 14,83 milhões) a onze agrupamentos de produtores de ovinos e caprinos, tendo sido beneficiadas, entre 2008 e 2013, 992 propriedades agrupadas.

O setor ovino é um dos “mais importantes” do setor pecuário de Castilla y León, com uma relevância avaliada por um censo de ovinos de mais de 3,2 milhões de cabeças, o que a converte na principal Comunidade Autônoma em números de animais. Esse rebanho produz 366,5 milhões de litros de leite, com 67% sendo de leite de ovelha, e situam a Comunidade como a maior produtora do país. Além disso, na região, foram abatidos 3,5 milhões de cordeiros, o que representa 33% dos cordeiros do país.

Em 12/11/13 – 1 Euro = US$ 1,33618
0,74756 Euro = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do EuropaPress, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

José Coutinho Neto

Macaé - Rio de Janeiro - Produção de leite
postado em 20/11/2013

A segurança alimentar levada a sério, estratégias da segurança nacional, países sérios e preocupados com seus cidadãos. Enquanto por aqui, nas terras Tupiniquins, os governantes utilizam os produtores rurais como bode expiatório para as mazelas nacionais; se pelo menos não atrapalhassem já seria uma grande ajuda.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade