Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Programa de bem-estar animal é lançado no Brasil

postado em 31/03/2009

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

No próximo dia 2 de abril de 2009 terá lugar a cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Abate Humanitário - STEPS, em Brasília. É o marco inicial que resulta do Termo de Cooperação, firmado em janeiro de 2008 pelo MAPA e pela WSPA, e visa implementar melhorias para o bem-estar dos animais de produção no Brasil. Na ocasião, o STEPS será abordado por Inácio Kroetz (Secretário de Defesa Agropecuária), Helinton Rocha (Secretário Substituto da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo), Antonio Augusto Silva (Diretor da WSPA Brasil), Daniel Boer (auditor da OSI no Brasil), Charli Ludtke (Gerente de Animais de Produção da WSPA Brasil) e Nelmon Oliveira da Costa (Diretor do Departamento de Inspeção dos Produtos de Origem Animal).

O STEPS, uma iniciativa da WSPA, é uma reciclagem que tem por objetivo permitir um melhor entendimento da questão do bem-estar dos animais e a implementação dos dispositivos da legislação brasileira que incorporam as boas práticas, incluindo padrões internacionais, as diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e da União Europeia.

"O acordo de cooperação do MAPA com a WSPA é uma oportunidade para os fiscais agropecuários do MAPA se atualizarem com informações referentes ao bem-estar dos animais de produção, atendendo aos requisitos de bem-estar estabelecidos pelos países importadores da carne brasileira. Temos certeza de que a utilização das boas práticas irá melhorar a rotina de manejo dos animais e facilitar o trabalho da fiscalização, além de ir ao encontro das novas diretrizes comerciais de bem-estar animal", antecipa Nelmon Oliveira da Costa.

A construção do programa contou com a consultoria da Animal-i, que orientou a equipe da WSPA sobre os principais pontos que devem ser abordados no treinamento dos fiscais agropecuários, cujo foco será a forma humanitária de se fazer transporte de animais de produção, seu desembarque nos abatedouros, manejo, descanso nas baias ou currais e o abate humanitário em si.

"Estamos num momento muito favorável no Brasil para iniciar a implantação de programas que priorizem o bem-estar dos animais de produção. E é a primeira vez que temos a união de governos, associações que representam o setor de animais de produção e uma ONG de proteção animal, objetivando a construção de um programa brasileiro de treinamento adaptado a nossa realidade", avalia Charli Ludtke.

O primeiro grupo de fiscais (federais, estaduais e municipais) que serão treinados é de Santa Catarina. Em maio, a equipe da WSPA inicia o treinamento desse grupo com o auxílio de vasto material audiovisual (DVDs) e impresso (manuais), totalmente adaptados à realidade brasileira. Bovinos, aves e suínos serão as espécies abordadas nos treinamentos, que posteriormente serão ministrados aos fiscais dos estados do Rio Grande do Sul, do Paraná e de São Paulo.

O lançamento do Programa Nacional de Abate Humanitário - STEPS - será no dia 2 de abril de 2009, no Auditório José Vieira Madeira, Esplanada dos Ministérios, Bloco "D", Brasília/DF. Contato: btorrico@wspabr.org

As informações são do MAPA e da Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA), adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (3 estrelas)

Comentários

Vanderlei Carlos Zeni

Águas de Chapecó - Santa Catarina - Produção de leite
postado em 03/04/2009

E o bem estar do animal produtor, nenhuma ONG por aí para defender.

Thales de Lima Silva

Belo Horizonte - Minas Gerais - Médico Veterinário
postado em 22/04/2009

Caro Vanderlei,

Com Boas Práticas de Produção e Abate Humanitário agregando valor ao produto final e aumentando a lucratividade, pode ter certeza que o bem estar do "animal" melhora bastante. Sem precisar de ONG para defender!

Um Abraço

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade