Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Rebelo apóia produção agrícola e pecuária na Amazônia

postado em 22/11/2006

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Em plena campanha para reeleição à presidência da Câmara, o deputado Aldo Rebelo (PCdoB), defendeu ontem o plantio de soja e a pecuária na Amazônia. Para ele, os brasileiros sabem da importância da preservação, mas ela deve atender às necessidades do setor rural.

"Não podemos aceitar imposições e ingerências estrangeiras", afirmou, emendando: "onde estão as florestas e as populações nativas dos Estados Unidos e da Europa?". Estudo da Embrapa e do Ministério da Agricultura mostram que a fatia do Brasil na cobertura vegetal primária do mundo passou de 9,8% para 28,5% nos últimos 8 mil anos. A participação da Europa (exceto Rússia) recuou de 7,3% para 0,1%

Segundo notícia de Mauro Zanatta, do Valor Econômico, Rebelo atacou ONGs ambientalistas, funcionários do Ibama, procuradores do Ministério Público e até o governo da Bolívia pela imposição de restrições a projetos de infra-estrutura no país. "Ninguém consegue fazer investimentos em infra-estrutura porque as negociações com o Ibama, o Ministério Público e as ONGs levam meses, anos. Temos uma legislação social, ambiental e trabalhista muito dura, muito forte para os produtores", criticou.

O presidente da Câmara afirmou que EUA e Europa têm usado "vários diques" para conter a agricultura brasileira. "Os subsídios, os monopólios dos insumos e a questão ambiental precisam ser confrontados com destemor, ou teremos um esforço frustrado nessa tentativa de expansão", afirmou. Rebelo criticou ainda a concentração de terras, a degradação dos solos e as deficiências em infra-estrutura e logística, além do desequilíbrio cambial.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Liodeir Rodrigues Carvalho

Jataí - Goiás - Produção de gado de corte
postado em 20/12/2006

Fico feliz com declarações realistas que instruem. Toda a sociedade tem interesse em questões ambientais, mas a classe que tem maior interesse, certamente, é o produtor rural, que convive e trabalha diretamente com meio ambiente.

Um pouco mais de alegria. Essas declarações evidenciam que é possível fazer política com sinceridade.

Parabenizo o deputado Aldo Rebelo pela transparência.

Fábio Perez Tanner

Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Produção de gado de corte
postado em 20/12/2006

O que um nobre deputado não faz para angariar votos dos ruralistas no congresso...
Tudo que ele falou, é verdade, mas no discurso do PC do B, parece piada...
Coitada da Marina Silva...
E viva o país do faz-de-conta!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade