Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Redução na oferta da Nova Zelândia abre portas para competidores

postado em 27/05/2013

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Faz duas semanas que a pior seca da Nova Zelândia em 30 anos foi declarada como terminada e os impactos secundários das amplas condições de seca na Ilha do Norte e na Ilha do Sul estão começando a surgir. O relatório mensal do Agrifax confirma que a oferta de cordeiros da Nova Zelândia continua pressionada e deverá contrair para baixas sazonais nas próximas semanas.

A alta taxa de abates de cordeiros desde o começo da estação (outubro de 2012) reduziu tanto os números que os processadores terão que procurar animais durante o inverno para atender a oferta e cumprir com os contratos. Como resultado da menor oferta, os exportadores serão capazes de negociar preços maiores para os cordeiros, que deverão permanecer em níveis mais altos até os meses finais de 2013.

Entretanto, com o estreitamento da oferta e a tendência de aumento nos preços, os importadores podem buscar o produto em outros locais para cumprir os contratos, o que abrirá as portas aos competidores, como a Austrália.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

angelo domingos mucuaranha

beira - Mocambique - Moçambique - Produção de caprinos de corte
postado em 29/05/2013

qual e o melhor suplemento para os caprinos de corte..........mim ajudem

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade