Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: ajuste em minuta emperra crédito para ovinocultura

postado em 15/02/2011

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Contrariando o previsto, ainda não entraram em operação as linhas de crédito para capital de giro e para aquisição de matrizes anunciadas há 15 dias pelo governo estadual como uma das ações para estimular o crescimento do rebanho de 3,5 milhões de ovinos no Rio Grande do Sul.

No caso da retenção de matrizes, o convênio entre governo e banco, prevendo a equalização dos juros através do Fundovinos, condição para que a linha seja liberada, está na dependência da aprovação da minuta. Na semana passada, o texto passou por ajustes solicitados pela Secretaria da Fazenda para adequação à legislação e aguarda uma nova análise. O dinheiro para aquisição também não chegou ao produtor, pois depende da conclusão de modificações no sistema do Banrisul para aceitação do novo prazo de pagamento, de cinco anos.

Enquanto esperam a liberação do crédito, os ovinocultores podem ganhar tempo. O superintendente da Unidade de Negócios Rurais do Banrisul, Luiz Fernando Nunes, orienta os interessados a atualizar o cadastro junto à sua agência e solicitar a declaração de estoque de ventres ovinos existentes em sua propriedade na Inspetoria Veterinária e Zootécnica do município de origem. Assim, quando o recurso estiver disponível, será possível dar andamento mais rápido ao crédito. No total, há R$ 102 milhões à disposição para as duas linhas.

A reportagem é do Correio do Povo, adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Carlito Nóbrega

Presidente Prudente - São Paulo - Produção de ovinos
postado em 15/02/2011

Alguém tem mais novidades sobre este feito? Será que atrasará mais? As coisas nunca acontecem no prazo minha gente!

Adicarlo Jorge Borghetti

Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Produção de ovinos de corte
postado em 17/02/2011

Fui a Pinheiro Machado na Feovelha aonde lançariam o programa. Fui especialmente para isto. Falaram "tudo" mas não disseram NADA. Nem como funcionaria foi falado. Claro que já corria aos quatro ventos como funcionará. Disseram que na segunda-feira seguinte (31/01) haveria informações nas agencias do Banrisul. Estou em contato diariamente com a agência aonde tenho conta e ninguém sabe de nada. Ontem entrei em contato com a Secretaria da Agricultura (fui muito bem atendido, diga-se de passagem) aonde me informaram que o "tranca-ruas" é o Banrisul. Aí é complicado...

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade