Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: caprinocultores comemoram bons resultados

postado em 25/10/2007

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Para comemorar os bons resultados do programa de caprinocultura de corte em Virmond (RS), será realizado em novembro um jantar à base de carne de cabrito. O projeto teve início em março de 2005 e hoje já existe a Associação dos Criadores de Caprinos de Virmond e Região, que comanda os trabalhos.

O número de produtores que participa ainda é pequeno, são 14 de Virmond, Laranjeiras do Sul, Cantagalo e Quedas do Iguaçu. "Mas o plantel aumentou de 350 para mais de 1 mil matrizes", destacou o secretário de agricultura, Vilson Antonio Buskevicz. "Além disso, a lucratividade é de aproximadamente 42%", emendou.

Segundo reportagem do Correio do Povo, a produção já tem comprador certo, em Ivaiporã, mas ainda não é suficiente. "Fornecemos cerca de 20 animais por mês. Se tivéssemos 200, venderíamos", contou ele, esclarecendo que o produtor recebe R$ 4 pelo quilo bruto vendido. O custo total é de aproximadamente R$ 2,30 o quilo.

Para o presidente da Associação de Criadores de Caprinos, Nelson Luiz de Vargas, a atividade é mais lucrativa que criar gado. "Vendemos R$ 120 a arroba, o dobro do preço pago pelo boi", comparou.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade