Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: cordeiro recupera perdas da semana passada

postado em 23/04/2008

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Levantamento da Emater-Ascar apontou que o preço médio do cordeiro para abate no Rio Grande do Sul reagiu favoravelmente na semana, passando de R$ 2,11 para R$ 2,12 o kg/vivo e recuperando a redução de 0,47% ocorrida na semana anterior.

Os criadores realizam o manejo reprodutivo do rebanho que deverá se estender até o final do mês. Na região, favorecida pela taxa cambial, segue a entrada de animais provenientes do Uruguai, para serem abatidos e comercializados no mercado regional.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

ciro calovi filho

Alegrete - Rio Grande do Sul - Produção de ovinos
postado em 28/04/2008

Na minha regiao em alegrete os preços não chegam a este patamar sendo praticados os seguintes:

- cordeiro e animais de 02 dentes: R$ 1,95 a 02 reais no máximo
- capões: R$ 1,90
- ovelha: R$ 1,70

Infelizmente a entrada de carne uruguaia ainda é o nosso maior concorrente e falta de organização da cadeia produtiva ovina oferecendo produto somente em determinadas épocas do ano, não escalonando sua oferta, já que na ovicultura não temos a figura do invernador de corderiros como é caso da bovinocultura

sérgio souto

Rosário do Sul - Rio Grande do Sul - Produção de gado de corte
postado em 05/05/2008

Os mesmos preços sao praticados aqui em Rosário do Sul e temos dificuldade em colocar o produto no mercado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade