Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: ovinocultores avaliam proposta de transição para pecuária orgânica em Pedro Osório

postado em 25/10/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Núcleo de Criadores de Ovinos de Pedro Osório recebeu na última terça-feira (23), na localidade de Rincão do Salso, um grupo de extensionistas da Emater/RS-Ascar, pesquisadores da Embrapa, técnicos de prefeituras municipais e ovinocultores da região, com o objetivo de avaliar a proposta de transição para o sistema de pecuária orgânica.

Os sistemas orgânicos de produção têm como base os princípios agroecológicos que contemplam o uso saudável e responsável do solo, da água, do ar e dos demais recursos naturais, de modo a reduzir as formas de contaminação e desperdícios desses elementos, contribuindo para o desenvolvimento sustentável.

Para o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Eduardo Souto Mayor, a grande maioria dos pecuaristas familiares da região Sul do Estado apresenta plenas condições de realizar a transição para a pecuária orgânica, afirmativa corroborada pelo médico veterinário Dirlei Matos de Souza, do escritório central da Emater/RS-Ascar.

O pecuarista familiar Altair Blank e sua esposa Rose, anfitriões da reunião, abriram sua propriedade para a realização de um trabalho de transição para a produção orgânica. Segundo o pecuarista, a propriedade de 58 hectares possui mão de obra familiar, produção de milho, criação integrada de bovinos, ovinos e alimentação dos animais basicamente com pastagem nativa. Ele acredita que, com o apoio dos extensionistas rurais, poderá atenuar a utilização de vermífugos, diminuir os custos de produção e aumentar o valor dos bovinos e ovinos a partir do uso do Selo de Produtos Orgânicos.

As informações são da Emater/RS, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade