Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: Programa de Avaliação Reprodutiva de Carneiros

postado em 28/01/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Sistema Farsul, por meio do Senar-RS, está reativando o Programa de Avaliação Reprodutiva de Carneiros (PARCar). Nesta sexta-feira, 28/01, o consultor técnico do Senar, Sílvio Menegassi, faz palestra na Feovelha, em Pinheiro Machado, detalhando o programa que tem como objetivo avaliar o mérito reprodutivo dos carneiros com relação à fertilidade e genética.

Menegassi explica que o programa se justifica pelo índice de natalidade do rebanho ovino do RS que encontra-se em torno de 60%. Segundo ele, em muitas regiões, o índice é inferior e as pesquisas têm apontado como principal causa a baixa fertilidade das ovelhas, devido a fatores nutricionais. Menegassi acrescenta que os carneiros são fatores multiplicadores de genética e fertilidade e importantes para a composição dos baixos índices de fertilidade dos rebanhos ovinos.

O PARCar pretende incrementar os índices reprodutivos da ovinocultura gaúcha por meio da identificação anual dos carneiros inaptos e pela reposição de novos através de linhas de crédito com juros e prazos compatíveis.

As informações são da Farsul, resumidas e adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade