Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS renova convênio para ovinocultura de lã

postado em 29/08/2007

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O governo gaúcho renovou, nesta terça-feira (28), na Expointer 2007, o convênio referente ao Programa de Desenvolvimento da Ovinocultura de Lã no estado. O programa consiste na transferência de tecnologia através de cursos de capacitação, sincronização de cio e inseminação artificial, visando à melhoria genética dos rebanhos.

O convênio, iniciado em 2004, por iniciativa da Paramount com apoio do governo do estado, já viabilizou a doação de 50 carneiros por ano para pequenos produtores, o que resultou na cobertura de 8 mil ovelhas.
 
Segundo informações da assessoria de imprensa do governo gaúcho, a utilização de genética de animais campeões das raças Merino, Ideal e Corriedale possibilitou o aumento de aproximadamente um quilo de lã por ovelha, além da melhora da qualidade. "Graças ao apoio institucional do governo do estado, teremos, nós próximos cinco anos, a cobertura de 300 mil ovelhas", projetou o presidente do Conselho de Administração da Paramount, Fuat Mattar.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Julio Cezar Rebes de Azambuja Filho

São Borja - Rio Grande do Sul - Consultoria/extensão rural
postado em 01/09/2007

Muito inteligente por parte do governo a renovação desse convênio com com os ovinocultores do RS, pois os produtores desse estado possuem uma real vocação para a produção de lã.

Em contra ponto, a introdução de raças deslanadas e de carne nesse estado seria muito desperdício, tendo em mente a existência comercial para a lã, pois toda a base do rebanho tem uma certa adaptabilidade e qualidade de lã e isso seria perdido.

O mercado da lã pode não estar em seu melhor momento mas é muito importante os criadores terem em mente a importância de se manter no negócio
pois todo o setor tem momentos bons e ruins. Podemos comparar com a carne e o leite que passaram por momentos ruins e atualmente vivemos uma melhora de preços.

Então é melhorar a genética sem esquecer da nutrição e esperar o momento de melhor remuneração da lã para o produtor fazer a reserva para enfrentar os proximos momentos dificeis.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade