Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Rússia representa potencial de crescimento para lã australiana

postado em 29/08/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Os consumidores russos poderão em breve trocar seus casacos de pele e luvas por produtos feitos com 100% lã australiana. Uma nova campanha do Australian Wool Innovation (AWI) "To Rússia with Wool" (Para a Rússia com Lã) está de olho no país povoado mais frio do mundo como um mercado de crescimento significante.

A vizinha Bielorrússia também pode se tornar importante na cadeia de fornecimento, como um processador de baixo custo de roupas de lã australiana.

Durante os anos 80, a Rússia foi o maior mercado de exportação da Austrália para lã, comprando cerca de 160 milhões de quilos de roupas para o partido militar e comunista. Entretanto, com a Rússia agora sendo uma economia de livre mercado, o foco é em roupas de alta qualidade para uma sociedade conhecida por seu estilo e elegância.

O gerente geral de desenvolvimento e comercialização de produtos do AWI, Jimmy Jackson, disse que a companhia está à frente, descobrindo novas oportunidades de mercado para aumentar a demanda.

Quase três quartos da lã australiana são compradas pela China e, embora o país continue sendo um bom consumidor de lã, está mudando rapidamente, tornando-se de alta tecnologia ao invés de uma economia manufatureira. Jackson disse que a Rússia tem três importantes características - uma população considerável de 140 milhões, crescimento econômico e uma necessidade por roupas quentes. "É a melhor oportunidade que temos", disse ele. "Nossos mercados consumidores tradicionais, como Estados Unidos e Europa, estão em uma recessão prolongada e já temos uma presença significante na China e na Índia".

A Rússia foi o único importante país que teve uma previsão de superávit no orçamento em 2012-13, com previsão de 1,6% de produto interno bruto comparado com os Estados Unidos, com -9,4%.

É importante notar que a Rússia enfrentou um frio extremo, com temperaturas se aproximando de -35 graus por um período de seis meses no inverno passado. "Acessórios na Rússia não são acessórios, são necessidades. Podemos passar a vida inteira sem vestir chapéu ou cachecol e sobrevivemos, mas não na Rússia".

Os russos também têm mais renda líquida disponível para gastar com roupas do que os britânicos ou norte-americanos, porque têm somente pequenas hipotecas e uma taxa máxima de imposto de renda de apenas 13%.

A reportagem é do Stock Journal, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade