Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

SP: Feinco movimenta o mercado de ovinos e caprinos

postado em 28/03/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Terminou nesta sexta, dia 25, em São Paulo, a oitava edição da Feira Internacional de Caprinos e Ovinos (Feinco). Os organizadores esperam ter contabilizado um crescimento de pelo menos 10% nas vendas, devido ao bom momento da atividade.

O criador de caprinos Antônio Leão informou que vendeu um exemplar a mais que em 2010 e, apesar de parecer pouco, já fez diferença no orçamento. Está voltando satisfeito para casa.
O exemplo do criador coincide com os números do evento relacionados aos caprinos. O volume de negócios cresceu entre 10% e 20%. A qualidade genética dos campeões, segundo os jurados, também foi maior.

"Comparada aos outros anos, nós tivemos produtores mais preocupados e exigentes com os animais" - informou a jurada Anelise Traldi. Entre os ovinos, as raças Dorper e White Dorper foram destaque. Representaram metade dos animais expostos na feira.

A gente não fechou a feira ainda, mas acreditamos em um crescimento de pelo menos 15% - disse vice-presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos Dorper e White Dorper (ABCDorper), Luiz Alberto Vicente Teixeira.

O evento cresceu de modo geral, em número de animais, raças, criadores e volume de negócios. Uma das explicações é a demanda aquecida, principalmente na região Sudeste. "Não se cria caprinos e ovinos para um show, você tem que ter carne de qualidade na mesa" - explicou o superintendente técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Caprinos, Felipe Adelino.

A organização da Feinco informou que o público da feira neste ano diminuiu, porque o foco eram os criadores, mas o volume de dinheiro aumentou. "Este ano a gente teve uma visitação maciça de produtores" - afirma o presidente da Feinco, Décio Ribeiro dos Santos.

O secretário estadual da agricultura, João Sampaio, esteve no local e comentou sobre o crescimento da feira, e da cadeia produtiva de ovinos e caprinos. "Esta é uma cadeia relativamente nova, que deve ser encarada como negócio. Precisamos melhorar as oportunidades" - concluiu.

A reportagem é do Canal Rural, resumida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade