Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

TO: Seagro estuda projeto de confinamento de ovinos

postado em 15/07/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Um levantamento realizado sobre os dados da ovinocaprinocultura na região Centro-Norte do Estado, servirá de base para implantação do projeto de confinamento de ovinos. A Seagro - Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento fez o levantamento na zona rural dos municípios de Colinas, Palmeirante, Bernardo Sayão, Presidente Kennedy, Guaraí, Pequizeiro, Itapiratins.

"Com esses dados fizemos um retrato da realidade destes animais, e assim traçaremos o plano de ação para criação de ovinos em confinamento. A pesquisa nos deu dados referentes à raça, tempo de engorda, manejo e alimentação", referiu a diretora de Produção Animal, Érika Jardim.

A região Centro-Norte do Estado possui 2,5 mil animais e os criadores querem aumentar esse rebanho para 12 mil cabeças até 2014. Os animais que farão parte dos sistemas de criação são das raças Santa Inês e Dorper.

Segundo dados da Adapec - Agência de Defesa Agropecuária, o Tocantins possui 96 mil animais, sendo 16 mil caprinos e 80 mil ovinos. Cerca de 80% da carne de caprino e ovino consumidas no Tocantins são importadas, o que significa que tem um grande mercado para comercialização no Estado.

As informações são da Seagro, resumidas e adaptadas pela equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade