Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

UE pode ter novas regras para ração

postado em 12/01/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Comissão Europeia ameaçou ontem (11) impor novas regras à indústria de alimentação animal em função da contaminação com dioxina na Alemanha, mas disse que não irá compensar os produtores.

Um encontro entre o braço executivo da UE e representantes da indústria foi considerado decepcionante porque não foram apresentadas propostas concretas para evitar novas contaminações.

Ontem, autoridades alemãs ordenaram o sacrifício de centenas de suínos após encontrar altos níveis de dioxina (que pode causar câncer) em carne suína pela primeira vez desde o fechamento de fazendas semana passada. Testes anteriores detectaram níveis acima do permitido de dioxina em ovos e três galinhas. A preocupação com a presença de dioxinas na ração animal chegou na segunda-feira à França e à Dinamarca que, segundo um funcionário da União Europeia, importaram o produto da Alemanha.

O Ministério Público alemão está investigando a contaminação, e suspeita que a empresa Harles und Jentzsch tenha distribuído para fábricas de rações ácidos graxos destinados à produção de papel. Cerca de 4.700 granjas e fazendas alemãs chegaram a ser interditadas na semana passada. Elas estão sendo gradualmente reabertas, e na segunda-feira apenas 1.635 continuavam sob restrições.

A Comissão Europeia reiterou que os níveis de dioxina encontrados nos ovos e na carne contaminados não representam um risco imediato à saúde humana.

Autoridades europeias deverão se reunir com produtores de rações e com outros setores para discutir como assegurar a separação de gorduras destinadas ao uso industrial e às rações.

A reportagem é do jornal Valor Econômico e Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes, adaptada pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade