Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Uruguai: boas perspectivas para o setor ovino deverão se manter

postado em 20/01/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Escritório de Programação e Política Agropecuária (Opypa), do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP) do Uruguai estima que as melhores perspectivas para o setor ovino deverão se manter por um tempo.

O Uruguai conta com um estoque de 7.362.000 cabeças (segundo dados de julho de 2011), que caiu 4,5% em um ano e é um dos mais baixos da história. No entanto, o setor está mostrando sinais de recuperação, com maior retenção de ventres e um maior desmame de cordeiros.

A carne ovina uruguaia seguiu se valorizando cada vez mais - US$ 3.974 foi o valor médio ao fechamento de 2011, segundo o Instituto Nacional de Carnes (INAC) - e, segundo a Opypa, isso condiciona que o estoque mostre uma composição mais carniceira, ainda que o faturamento pela lã siga sendo a maior porcentagem do total de receita dos ovinos. Em 2011, a volatilidade dos preços da lã seguiu jogando contra a recuperação do estoque ovino uruguaio.

Segundo análise do Opypa, outro elemento que possivelmente está jogando contra a recuperação dos ovinos de lã são os altos preços da terra, fato que determina que o produtor a explore utilizando mais capital sobre o recurso, de forma que ele opte por repor bovinos e não ovinos de lã.

Outro ponto chave que não ajuda na recuperação do estoque ovino local, segundo a análise do Opypa, é o abigeato, as perdas por inimigos naturais, a escassez de mão de obra especializada no setor e as dificuldades de abater ovinos. No entanto, existe uma ampla zona geográfica no país, onde a produção ovina não deveria ter maior competição por recursos e, nessa áreas é onde tem uma maior margem para crescer. Nessas zonas, vê-se que, além de lã, se produz mais carne.

A reportagem é do El País Digital, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade