Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Uruguai: governo fornece subsídio a produtores

postado em 02/12/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Programa Pecuário do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP) do Uruguai realizou um chamado aos produtores familiares de ovinos com o objetivo de melhorar sua produtividade, sustentabilidade e permanência no meio rural. Os apoios não reembolsáveis, ou seja, subsídios, cobrirão até 50% dos custos de implementação com um máximo de US$ 4.000 por produtor em um prazo máximo de execução de 12 meses.

O diretor do Programa, José Olascoaga, disse que o objetivo do mesmo é intensificar a produção ovina. "Está orientado a melhorar as condições de sustentabilidade e de permanência de produtores familiares do setor ovino como fator importante que surge de uma possibilidade de gerar trabalho, riqueza, diversificação à produção familiar e que pensamos que era oportuno para o programa fazê-lo nesse momento".

Ele recordou que os participantes devem apresentar um plano de forma agrupada ou com associações que envolvam pelo menos cinco produtores beneficiários. "Oferecemos um apoio econômico não reembolsável que pode ser de até US$ 4.000 por produtor. Até o momento, nós não temos a possibilidade de apresentar resultados quanto a indicadores de impacto, porque a própria execução dos planos que não foram finalizados não nos permite isso. Quanto à execução operacional do programa, a avaliação é boa, temos cumprido todas as metas quanto à quantidade de beneficiários, quantidade de planos, tempos e prazos de execução".

Olascuaga estimou que, através do programa, se tem alcançado pelo menos 4.000 produtores.

A reportagem é do Espectador.com, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade