carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Valores e venda de lã estão em baixa no mundo

postado em 20/12/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Uma baixa, tanto no número de operações como nos valores, ocorreu na última semana no mercado de lãs, afirmou o presidente da União de Consignatários e Rematadores de Lãs do Uruguai, Ricardo Stewart.

Ele disse que a demanda de parte das indústrias baixou sensivelmente e que há uma menor pressão compradora, porque começou o recesso na Austrália. Embora esse recesso ocorra anualmente, nesse ano, seus efeitos começaram antes a nível local.

“A indústria argumenta que, ou não tem negócios do exterior, ou que os mesmos são escassos, devido ao recesso, como a baixa na demanda de grandes compradores, como China e Europa”.

Em termos de valores, Stewart afirmou que enquanto há semanas se chegava a pagar US$ 3,40 por quilo para lãs da raça Corriedale, atualmente o preço pago pelas mesmas, de acordo com o tipo e o negócio, oscila entre US$ 3,20 e US$ 3,25. Embora a baixa tenha ocorrido em diferentes categorias, tanto em valores como em operações, na Corriedale a mesma foi mais acentuada.

Consultado sobre o que poderia ocorrer após o recesso na Oceania, que termina em meados do mês de janeiro, Stewart disse que a princípio não se espera que ocorram mudanças. “Em fevereiro, quando os estoques que os compradores possuem caírem, a demanda, e, portanto, o fluxo de negócios, melhorará”.

A reportagem é do El País Digital, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade