Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você utiliza cães na sua propriedade?

postado em 24/11/2010

22 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Associado à atividade de produção animal, o cão tem se revelado um auxiliar indispensável no manejo dos animais. A utilização de cães de trabalho na ovinocaprinocultura é uma ferramenta importante para o manejo da atividade e essa prática é utilizada em várias regiões do Brasil e do mundo, contribuindo com as atividades diárias do criatório.

Pela Europa, Ásia e Norte da África, regiões onde havia confrontos entre rebanhos versus predadores, as populações locais desenvolveram as suas raças próprias de cães para a proteção do rebanho e para auxiliar os pastores na condução dos animais. Hoje, a utilização de cães poupa mão-de-obra e contribui com o bem-estar das criações.

A utilização de cães de guarda de rebanho é indicada oficialmente pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos e por organizações de proteção da fauna na Europa e África e países da União Europeia, sendo considerada como método tradicional e na maior parte das vezes, não-letal, de controle de predadores que pode ajudar na conservação de carnívoros silvestres. Há vários estudos que demonstram o alto sucesso na redução de mortes no rebanho por ataque de predadores, sendo os cães de guarda de rebanho amplamente utilizados em pastos abertos, pastos cercados e instalações de ovinos na Europa, Ásia, África, Américas e Austrália protegendo os rebanhos e consequentemente, os canídeos, felídeos, ursídeos, hyaenídeos e primatas. (Utilização de cães de guarda de rebanho).

Há dezenas de raças para esta função no mundo, mas no Brasil, a maior parte dos animais que atuam são das raças: Maremano, Abruzes, Komondor, Kuvasz e Cão Pastor dos Pirineus.

Os cães de pastoreio se dividem em duas categorias: arrebanhadores (Border Collie e Australian Kelpie) e empurradores (Blue Heeler e Australian Shepherd). Os arrebanhadores são indicados para circular o rebanho e levá-lo para um determinado local, recolhendo e conduzindo o rebanho e os empurradores trabalham na parte de trás do animais, conduzindo os animais para frente.

O FarmPoint pergunta: você utiliza cães no manejo da sua propriedade? Participe deixando o seu comentário e conte a sua experiência!

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

LUIZ CARLOS NUNES DOS SANTOS

Salvador - Bahia - Produção de ovinos
postado em 24/11/2010

Utilizo o cão vira-lata para afugentar a onça e outros animais. Fiquei impressionado com a adaptabilidade dos animais com o cachorro e vice-versa. As ovelhas ficam estressadas com a presença de cães estranhos, porém aceitam o cão de guarda como se fossem ovelhas.

Pedro Nacib Jorge Neto

Campinas - São Paulo - Nutrição de Ruminantes / Reprodução de Ovinos
postado em 24/11/2010

Desde 2006 estudo profundamente o tema de Cães de Guarda de Rebanho, tendo oportunidade de participar de matérias e publicações em diversas mídias impressas e eletrônicas.

Implantei a utilização de cães de guarda de rebanho na Fazenda Talisman, localizada no município de Itapira - SP. A propriedade possui grande área de reflorestamento e também grande área de reservas, totalizando cerca de 210 hectares entre reflorestamento e matas. Além disso, fazendo divisa da fazenda, há mais de 100 hectares de reservas de fazendas vizinhas, além de culturas que permitem a presença de grandes felídeos, numa área de mais de 500 hectares propícios.

Na propriedade, existe comprovadamente a presença de onça-parda (avistada 3 vezes, diversas documentações de rastros) e jaguatirica, além da presença de cães errantes devido a proximidade da cidade (menos de 3km em linha reta). Também, ocorreram ataques de onça parda causando morte de dezenas de ovinos em propriedade distante a 1,5km do núcleo de criação de ovinos da Talisman.

Em 2006, devido a perda de alguns cordeiros por ataque de cães errantes, adotou-se a utilização de Pastores Maremano Abruzês. No mesmo momento que os cães iniciaram o trabalho, cessou os ataques ao rebanho. Devido a alta eficiência e falta de genética dos cães (acasalamentos já aparentados), a Fazenda Talisman decidiu iniciar a criação, importando animais direto da região de Abruzzos, na Itália, onde a raça trabalha efetivamente até hoje.

Com quase quatro anos utilizando estes cães, podemos com alegria dizer que nunca houve perda de nenhum animal do rebanho após a adoção do Pastor Maremano Abruzês.

Att.
Pedro Nacib Jorge Neto
Médico Veterinário
NOVAGEN Genética

Quirino de Freitas

Fernandópolis - São Paulo - Produção de ovinos
postado em 24/11/2010

É claro que eu utilizo. O Border Collie na minha propriedade atua muito bem e substitui muito bem grande parte da mão de obra. Estou muito contente com o trabalho do cão e impressionado com a inteligência do bicho. Abs a todos!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade