Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Enio Queijada de Souza, coordenador de projetos do Sebrae

postado em 24/04/2008

9 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Enio Queijada de Souza

Enio Queijada de Souza, administrador de empresas, especialista em marketing e mestre em agronegócios, consultor do quadro permanente do Sebrae Nacional atuando como coordenador de projetos da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura da Rede Aprisco.



Formação: Administrador de empresas, especialista em marketing e mestre em agronegócios.

Cargo atual: Analista técnico e coordenador de projetos de ovinos e caprinos do Sebrae - Rede Aprisco

Maior realização: A Família: meus filhos, Eric de 14 anos e Victoria de 8, frutos de meu casamento com a Adriana Tamay, minha paixão! Essa é a minha "tríade da felicidade"

O que espera realizar: Um doutorado, antes dos 50 anos. Um pós doutorado, antes dos 60, ter netos antes dos 70 e dar aulas até os 80.

Livro que recomenda: Aí fica difícil pois sou um pouco fominha em termos de livros e leituras. Pode ser 4? A Bíblia, todo dia um pouco. "Vidas Secas", de Graciliano Ramos, "Arando o Mar", de Fairbanks & Lindsay e "O futuro do trabalho" de Domenico de Masi. O Primeiro é o elixir da vida, o segundo relata a pobreza e as adversidades, o terceiro, como superar adversidades competitivas e sair da pobreza e o quarto é um alerta às pessoas e sobretudo aos líderes empresariais, que ainda usam métodos gerenciais pré-medievais e impedem o desenvolvimento, das pessoas, das organizações e do país.

Empresa que admira: Aquela que ainda não existe: a agilidade do Google, a nobreza da missão do Sebrae, a qualidade da Nestlé e a robustez financeira do Itaú. Como não existe, que tal juntarmos tudo isso???

Personalidade que admira: Meu pai e meu avô. Ambos foram imigrantes, batalhadores e empreendedores.

Dica de sucesso: Trabalhar estudando, estudar se divertindo e se divertir trabalhando.

Frase ou ditado preferido: Ou anda ou sai da fila!

Personalidade de destaque no setor: Professor Flávio Augusto D'Araújo Couto, do DF com seus mais de 80 anos e ainda dedicado à criação de ovinos e animação do setor. O Pereló da ARCO é outra figura carimbada do setor. Obrigado aos dois!

O que está melhorando no setor: A integração e o diálogo entre os elos da cadeia e a interlocução no Ministério da Agricultura. Parece que descobriram que existem ovinos e caprinos.

O que falta no setor: Produção, estratégia, produção, gestão, produção, mercado.

Quem gostaria de ver nessa seção: Francisco Edilson Maia, atual presidente da câmara setorial de caprinos e ovinos, da comissão de caprinos e ovinos da CNA e um empreendedor do setor. Só tomem cuidado para não tomar choque, pois ele vive ligado no "380 trifásico"

Visão de futuro: Mercado interno abastecido, consumo de 8 quilos por habitante por ano e rebanho nacional com 150 milhões de animais.

O que você espera do FarmPoint: Que continue nos apoiando na realização dos sonhos e na busca de nossa visão de futuro.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Miguel da Rocha Cavalcanti

Piracicaba - São Paulo - Sócio-diretor do BeefPoint
postado em 24/04/2008

Olá Enio, muito interessante seus comentários, dicas e sugestões. Parabéns e obrigado.

Um abraço, Miguel

Luis Antonio de Brito Melo

Eunápolis - Bahia - Produção de leite
postado em 30/04/2008

Enio,
Gostaria de poder contar com o Projeto Aprisco aqui extremo-sul da Bahia. Pois, a ovinocaprinocultura tem crescido muito na nossa região, mas precisamos de um crescimento sustentável e com tecnologia.
Parabéns pelo excelente trabalho realizado no Sebrae.

Boa sorte.

DENIS DELI ALVES

São Paulo - São Paulo - Mídia especializada/imprensa
postado em 30/04/2008

Olá Ênio. Parabéns pela entrevista, as respostas foram brilhantes. Gostei em particular da "Dica de sucesso".
Parabéns também ao Farm Point pelo trabalho de qualidade que vêem realizando.

Abraços,

Capataz Assessoria Rural

Brasília - Distrito Federal - Softwares Rural
postado em 02/05/2008

Prezado Mestre Énio.
Quero agradecer e parabenizá-lo por lembrar e citar o Dr. Flávio Couto, nosso amigo comum, o Dr. Pereló, e o trifásico Edilson Maia como personnalidades do setor.
Permita-me, incluir também Pompeu Borba, Ricardo Wanderley e Landulfo Almeida. A ovinocultura brasileira, melhor mundial, e particularmente a raça Santa Inês devem muito a esses homens.
Parabéns ao Sebrae pelo projeto Aprisco e por lhe ter escolhido para gerencia-lo.
Sucesso e conte conosco, sempre.

Enio Queijada de Souza

Brasília - Distrito Federal - Consultoria/extensão rural
postado em 05/05/2008

Prezado Luis Antonio de Brito Melo,

O Atendimento do Sebrae em termos de ovinocultura e caprinocultura se dá observando os seguintes pontos:

> A Demanda precisa ser COLETIVA, ou seja, via Associação, Núcleo ou Cooperativa de produtores;
> A demanda precisa ser formalizada com um Plano de trabalho ou projeto com antecedência de um ano, inclusive prevendo investimentos e contrapartidas dos produtores e parceiros (no mínimo 50% do valor total);
> É imprescindível o apoio do Sebrae Estadual - no seu caso Sebrae Bahia ao pleito, pois infelizmente, os recursos são bem menores do que as demandas e potencialidades dos territórios e projetos em termos de caprinos e ovinos;

Além desses critérios, a existência de abatedouros legalizados, tamanho do rebanho, iniciativas gastronômicas e com o varejo também contam pontos numa análise da demanda.

Seu contato na Bahia, além do escritório do Sebrae mais próximo, é o Carlos Araújo Robério, em Salvador. Envie-me um e mail que eu lhe dou os telefones e o e mail de contato.

Um abraço,

Antonio Cardoso de Lisboa

Aracaju - Sergipe - OUTRA
postado em 30/06/2008

Grande Ênio,

Parabéns pelas palavras tão sábias! O sucesso e a dimensão que está se tornando o Projeto Aprisco no Brasil, deve-se ao grande baluarte incansável e mestre que é você.

Continue com toda essa disposição, que o nosso Criador, continuará te iluminando e juntos com todos companheiros da Rede Aprisco, faremos a caprinovinocultura desse País, chegar ao ápice.

Um grande abraço.

Ricardo Alexandre Nunes Borges

São Joaquim São José - Santa Catarina - Produção de ovinos
postado em 30/07/2008

Caro Ênio,

Primeiramente parabenizo-lo por suas palavras e orientações. Também pelo trabalho que vem exercendo pela ovinocultura nacional. Tenho algum conhecimento sobre o projeto Aprisco e gostaria de obter mais informações.

Gostaria de saber se este projeto pode se estender ao meu estado, Santa Catarina, que tem características peculiares para produção de ovinos de corte e leite através de cooperativas a associações de pequenos produtores.

Um abraço, e que seu trabalho continue dando bons frutos, através da alavancagem da cadeia produtiva ovinícola.

Paulo Basileu de Oliveira

Natal - Rio Grande do Norte - Pesquisa/ensino
postado em 19/08/2008

Caro amigo Enio, fico muito feliz em encontrar um apoio na Caprinoovinocultura. No nosso RN, temos alguns projetos nesta área e necessitamos muito do apoio do SEBRAE.

Gostaria de parabeniza-lo e deseja-lo produzindo boas sementes nesta área. Necessito apoio principalmente nas áreas de Mineralização destas raças do futuro.

Não poderia esquecer no RN, o projeto de ovinos São Joaquim, no Municí­pio de Maca­ba do Sr. Bolivar Alvarenga de Medeiros que são a nossa maior referencia. Um abraço, continue juntamente com Deus.

Ailson Oliveira Colossi

Curitiba - Paraná - implantação de projetos
postado em 28/06/2015

Enio parabéns pelo trabalho que você esta desenvolvendo ai peço que você me mande
instruções de como foi feito esta Associação que você se refere na entrevista, pois nós
aqui no Parana queremos implantar em municípios do interior. Você acha que Associação é melhor que cooperativa? Enfim me mande tudo o que vocês fizeram para implantar estes maravilhosos projetos que podem ajudar muitos agricultores familiares do interior
que precisam tanto.
Abração    

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade