Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Experiência com capim Massai - você já teve?

postado em 02/10/2012

23 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O produtor de ovinos Sérgio Saretto, do Distrito Federal, enviou uma dúvida para o fórum "Pastagens e conservação de forragens".

"Amigos,

Gostaria de saber a experiência que vocês têm com o capim Massai aqui na região de Brasília com relação à dois pontos:

1 - Achei o preço do quilo das sementes meio salgado (R$ 19,50 e VC 25). Pelos meus cálculos, seria necessário mais ou menos 16 kg de semente por hectare. É isso mesmo?

2 - Como ele reage na seca? Aqui na época seca a umidade cai abaixo dos 10% e fica uns 2 meses assim. Pretendo fazer uma capineira de Cameron-roxo por indicação de um amigo. O que vocês acham?


Participe deixando o seu comentário! O FarmPoint agradece desde já!

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

gabriel silva alves

São Sebastião do Passé - Bahia - Produção de leite
postado em 02/10/2012

bom não sou de brasilia mais posso falar alguma experiência que estou tendo, inclusive fiz alguns testes com capim.
As sementes do Massai e Aruana são bem salgadas, na minha propriedade tenho massai, gostei dele no primeiro ano, porém o manejo bateu muito, infelizmente não tenho um bom "vaqueiro", ele não gosta de solo muito ruim mais é o menos exigente dos panicuns.
As sementes aconselho pegar com VC de 50% e efetuar o plantio direto ou então a lanço, não aconselho planta-lo em cova ou matraca, tive pessimos resultados
O capim de corte ele é ainda é maior fonte de volumono, porém não tem muita proteina, a mesma fica em 8 a 12% de PB.

adauto silva gouveia filho

Matrinchã - Goiás - Produção de ovinos
postado em 03/10/2012

Caro Sergio Saretto,
Eu uso o MASSAI e estou satisfeito, meu clima é um pouco maisumido que o seu, mas é muito quente.
O preço da semente é alto mesmo, ele é um capim queproduz pouca semente, voce vai ver quando plantar.
Acho que vale a pena tentar.
abraços e sucesso

Rubens Mendes Veloso Júnior

Porto Velho - Rondônia - Produção de gado de corte
postado em 03/10/2012

Em determinada época eu e meu pai testamos Massai em nossa propriedade, com o objetivo de fazer piquete para cavalos e burros.  Porém, o lugar onde plantamos antes era era um pasto formado por capim Braquiarão.  Resultado: apesar de termos revirado a terra e "matado" o braquiarão com trator, este voltou e tomou conta da área novamente, executando o coitado do Massai.

Acho que o trabalho de matar o Braquiarão não foi bem feito, pois ele voltou bem mais forte e bonito do que era antigamente e colocou o tal do Massai no chinelo.    

Reginaldo Jacinto Nunes

Cristianópolis - Goiás - Produção de gado de corte
postado em 03/10/2012

Caro Sergio, plantamos recentemente o MASSAI em um piquete para equinos, é um variedade boa mas que requer um manejo especial por não ser tão rústico.

João José de Santana

Barreiras - Bahia - Produção de ovinos
postado em 03/10/2012

Prezados Senhores, considerandos os comentários anteriores, farei algumas considerações que acho pertinente como produtor de ovinos e defensor do MASSAI.
Tenho aproximadamente 200 hec de massai e já tive um rebanho de até 800 ovinos, alguns pastos formados quando do surgimento do massai estão por volta dos 10 anos, tendo passado aqui no Oeste da Bahia (Barreiras) por variações anuais de chuva entre 800 mm a 1200 mm, em terras de baixa fertilidade e com baixo teor de argila. É o panicum mais resistente que existe com sementes disponíveis para venda, o preço das sementes está caro não em função da baixa produção, mais sim da alta procura. Iniciei com 10 hec e estou com 200 hec usando a minha própria produção de sementes.
Sobre um comentário que o braquiarão sufocou o massai, trata-se de um grande erro do produtor ao plantar variedade diferentes na mesma área, o capim mais palatável sera prejudicado e levará a fama de ruim.
O massai na minha avaliação é muito resistente a seca, alto poder de rebrota e de produção de sementes e bem aceito por todas as categorias animais.
Quanto ao capim roxo para corte, só serve se for irrigado, não sendo aconselho a cana.

Luzimar Melo Meireles

Goiânia - Goiás - Produção de leite
postado em 03/10/2012

Todos os comentários são pertinentes e coincidem com a prática de quem usa o capim Massai. Tenho alguns piquetes em formação e pretendo expandir as áreas este ano. Realmente o alto custo das sementes é mais pela procura atual. Na minha região Campos Belos-Go ele está sendo muito plantado. Para os que utilizam Massai para pastejo de equinos, tenho visto comentários que o equino tem certa sensibilidade ao ingerir sementes do Massai na floração. Já ocorreram casos de intoxicação quando da maturação das sementes e ingeridas por equinos. Aconselha-se fazer um pastejo com bovinos quando da emissão e maturação das sementes e posteriormente utilizar o Massai pelos equinos. É o que tenho feito sem problemas.
Luzimar Melo Meireles

sergio saretto

Sobradinho - Distrito Federal - Produção de caprinos de corte
postado em 03/10/2012

Valeu amigos,

Esta experiencia dos relatos de vcs vale ouro, quanto dois pastos não tenho este problema pois não tenho braquiaria plantada, tenho só um pouco de andropogon e capim gordura que aparece na epoca das aguas.

Gladston Machareth

Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Técnico em Pecuária / Assessoria
postado em 03/10/2012

Considerando a mesma textura e fertilidade de solo, uma forrageira pode não apresentar a mesma produtividade e suporte animal por unidade de área em uma região, do que em outra e isso em razão as condições climáticas ( fotoperíodo, umidade e temperatura ).
O ideal é monitorar periódicamente a densidade ( volume ) da forrageira, para se determinar o suporte naquele período e rotacionar a área de produção.
O Massai ( Panicum Maximum x Panicum Infestum ), em minha região, apresentou mal desemprenho nas secas, comparativamente ao Aruanã ( Panicum Maximum ), que se manteve mais tempo verde.
A baixa produção em nível nacional é que tem determinado esses preços elevados para as sementes de ambos.
Recomendo a utilização de sementes com o mais alto VC possível, que reduz a densidade ( kg / ha ) a ser utilizada, menor infestação por sementes de invasoras e, consequentemente, menor custo por hectare.

gabriel silva alves

São Sebastião do Passé - Bahia - Produção de leite
postado em 03/10/2012

Pois é, a vantagem do VC mais alto é que você utiliza menos sementes, porém como ainda estou na época da pedra onde as sementes estão sendo jogadas a mãos(onde obtive maior resultado em relação a outro plantio), tento utilizar um VC mais alto tipo 50% e mesmo assim aumento o numero de sementes ou mistura super simples para aumentar a quantidade das mesmas.
Já que citarão a brachiaria, hoje tenho 1 hectare de brachiaria piatã, onde estou tendo alto indice de produção mesmo sem ter terra corrigida, o capim cresceu tanto que os ovinos evitam de entrar, e por isso optei em fazer FENO do mesmo, e deixa-los pastagem no capim corrente e no massai já batido.
Meu sistema é intensivo, tenho pouca area disponivel e não posso efetuar tais rodizios de 30 em 30 dias um pasto.
Posso concluir que na minha região onde a terra é pobre e quando chove fica humida o solo, que o melhor capim até o momento é o brachiaria piatã, Massai, dyrneura, humidicola, e brachiria decubens,

Rubens Mendes Veloso Júnior

Porto Velho - Rondônia - Produção de gado de corte
postado em 03/10/2012

Procuramos matar o braquiarão antes de plantar o massai, porém o braquiarão renasceu e sufocou definitivamente o Massai.

Portanto, ao contrário do que foi dito, não plantamos as duas espécies juntas, mesmo porque seria loucura, pois é notório que o BRAQUIARÃO não se dá com outros capins.  O Braquiarão é um assassino de outras espécies de capins, até onde sei.  Nenhuma espécie suporta o poder e força do BRAQUIARÃO, pelo menos no que diz respeito aos capins que conhecemos aqui na região norte.

gaudelino lopes de menezes neto

Itamaraju - Bahia - Consultoria/extensão rural
postado em 04/10/2012

concordo plenamente com o amigo joao jose de santana, tenho um plantel aqui no sul da bahia de ovinos dorper, e tenho minha area dos piquetes dos ovinos todo no massai, e ja tenho ele a 10 anos ja plantado, e sob um manejo adequade
o com adubaçao ele tem respondido muito bem, e a cada ano parece esta melhor  com uma otima cobertura de solo e um volume de massa bem significativo, ate o momento ainda desconheço uma planta com tantas vantagens fisiologicas como ela, e quanto ao preço é isso ai mesmo que temos no mercado, mas assim mesmo vale muito apena cultivala em sua propriedade.

deise

Marechal Cândido Rondon - Paraná - Estudante
postado em 05/10/2012

Meu relato será dado com base na resistência à baixa disponibilidade hídrica.
Em experimento em casa de vegetação há dois anos atrás tivemos problemas com a irrigação.
Possuíamos 8 cultivas implantadas em vasos de 5 Litros, quatro Brachiarias e 4 Panicuns, entre eles o Massai.
Durante o inicio do mês de janeiro (alta temperatura e baixa umidade do ar), os vasos ficaram 5 dias sem irrigação, quando as plantas encontravam-se com aproximandamente 90 dias de desenvolvimento (alta taxa respiratória).
No momento da restauração da irrigação, observamos que todos os capins encontravam-se com as folhas completamente secas e muito debilitados pela deficiência hídrica, muitos apresentaram morte de 70-80% das folhas, exceto o Massai. Mesmo estando sob as mesmas condições que os demais capins do ensaio, o Massai não apresentava sequer redução de turgor nas células (folhas murchas), apontando uma maior resistência à seca em relação aos demais.
Não tive oportunidade de conduzir estudos posteriores para confirmar essa hípótese, mas fica a sugestão de pesquisas com o capim Massai.

LAZARO JOSE DA SILVA

Extrema de Rôndonia - Rondônia - Produtor Rural
postado em 05/10/2012

Nós também plantamos o massai onde tinha o brizantha, como fizemos tripla gradeação, o massai tomou conta, está no terceiro ano, embora tenhamos longo periodo de ceca. Mas, vale a pena é um panicum de alta resistencia, porém pouca proteina, para ovinos é ótimo, pois tem porte baixo.

Xenofonte Moreira Neto

Salvador - Bahia - Produção de gado de corte
postado em 07/10/2012

Senhores, gostaria  de saber, como este capim se comporta  em area do semi arido; pois a minha propriedade  fica  em uma  regiao em que   a seca é  muito constante   agora mesmo estamos passando por um momento  muito ruim .

Pedro Cunali Filho

Mococa - São Paulo - Engenheiro Agrônomo
postado em 08/10/2012

Desejo saber informaçoes sobre o capim Mombaça p/ Silagem

marnelio andrade da cunha

Belém - Pará - Produção de ovinos
postado em 27/10/2012

capim massai tenho 20 heq nao quero outro e tudo de bom

lincoln cyriaco

Sobradinho - Distrito Federal - Produção de ovinos
postado em 17/01/2013

Senhor Sergio Saretto ou demais criadores da raça Bergamacia, tenho interece em comprar animais desta raça ou East Friesian, meu email e lincolncyriaco@gmail.com. Grato pela atençao.

ademar

Santa Cruz de Monte Castelo - Paraná - OUTRA
postado em 07/03/2013

plantamos este capim Massai, no intuito para pastejo de ovinos, mas não estou gostando, porque, depois que colocamos o ovinos na pastagem, diminuiu significativamente a natalidade de borregos, muitos animais se apresentaram desnutridos, aumentou os nascimentos natimorto, e os que nascem vivos, nascem magros.

robson almeida

Ribeirão Cascalheira - Mato Grosso - OUTRA
postado em 13/04/2013

Bom dia Senhores,
Sou produtor de sementes, e me apaixonei pelo massai. Sua alta produção de massa embora pareça uma planta frágil e surpreendente. Cortei uma área de feno de mombasa e uma de massai adivinha quem produziu mais fardinhos por ha. Pois e o massai, terras de baixo teor de argila, alto índice de alumínio massais nelas. O sistema radicular da planta e surpreendente vai buscar ao longe água e demais nutrientes, seu poder de rebrota pós-pastejo e cobertura do solos também são surpreendentes. Falar de massai e falar de sustentabilidade, modernidade e evolução. Vamos aqui aplaudir o Senna das Pastagens.
Esqueção o problema de morte súbita das Pastagens , Massai nelas...  melhor preço do Brazil

Robson Almeida Sementes Extrema, Ribeirão Cascalheira MT
66 9668 6974
suporteagronegocio@hotmail.com

GILSON ANDRADE

Amargosa - Bahia - Produção de ovinos de corte
postado em 16/01/2014

gostaria de saber do massai ou aruana naminha região pois estou tendo problemas de foto semcibilização nos ovinos. e aproveitando a oportunidade gostaria de saber se o piatã  causa este problema .

Marco Figueroa

Maracaibo - Zulia - Venezuela - Consultoria/extensão rural
postado em 11/09/2014

Buenas tardes, saludos desde Maracaibo Venezuela, alguien en este foro tiene experiencia en la edad al corté para fenacion de capim mássai? He estado cortando en pre-floración y los operadores se quejan del prurito o picazón de sus hojas lo cual hace muy difícil de manejar. Hay una edad para evitar ese problema.?

Laerte Rocha

Arraias - Tocantins - Produtor Rural
postado em 18/09/2014

plantei o capim massai e o resultado foi ótimo. Por favor informe-me como plantar por lanço misturado ao super-simples, quantos quilos de super-simples por quelo de massai. Obrigado
Laerte Rocha-Arraias-TO

Raimundo da Silva Portilho

Balsas - Maranhão - Pecuária corte
postado em 26/12/2014

Raimundo Portilho - pecuarista gado de corte
Sítio Novo - Maranhao

Pela primeira vez plantarei o badalado Massai, algo em torno de tres alqueires. Mas continuo com dúvidas sobre ele: de um lado há os que o endeusam e no pólo oposto há os que o culpam pela morte súbita de milhares de equinos, aqui na Amazônia. Será ele diabo na Amazônia e Deus no resto do país? As fronteiras da Amazônia nao sao nítidas, estou na faixa de trnsição para o Nordesta. Vou apostar no Massai

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade