Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Comunidade > Fique Atento

CNA promove fórum para debater desenvolvimento agropecuário e respeito ao clima

postado em 25/03/2010

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza em São Paulo a partir do próximo domingo (28) o Fórum Internacional de Estudos Estratégicos para Desenvolvimento Agropecuário e Respeito ao Clima (FEED 2010).

Com uma série de debates e palestras, o evento vai reunir especialistas em clima, ambientalistas, lideranças nacionais e internacionais do setor agropecuário até a próxima terça-feira (30), para debater o tema "mudanças climáticas e agropecuária".

"Com o FEED 2010, queremos compreender melhor os verdadeiros motivos do aquecimento global. Um país líder na produção agropecuária, como o Brasil, deve ser protagonista destas discussões da COP 16, contribuindo para que avancem e sejam produtivas", afirma a presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, que vai realizar a abertura do Fórum no próximo domingo, às 18h.

O FEED 2010 será realizado no WTC Convention Center, em São Paulo (Avenida das Nações Unidas, 12.551 - Brooklin Novo). Entre outros focos de debate, o Fórum vai avaliar os resultados obtidos na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas do ano passado (COP 15, realizada em Copenhague, na Dinamarca) e iniciar a construção de uma proposta do setor agropecuário para a COP 16, que ocorre no final deste ano, no México.

No domingo, depois da palavra de abertura da presidente da CNA será a vez de o embaixador extraordinário de Mudanças Climáticas do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Sérgio Serra, realizar a palestra sobre o tema "Posicionamento do Governo Brasileiro Pós-COP 15", abrindo oficialmente o Fórum.

Na segunda e na terça-feira (29 e 30 de março), será realizada uma série de palestras e painéis no WTC, colocando em discussão os mais diversos pontos de vista sobre mudanças climáticas e produção agropecuária. Além de discutir propostas para a COP 16 e avaliar os resultados da COP 15, o FEED 2010 tem outros pontos principais de discussão.

Serão discutidas as metodologias utilizadas para quantificar as emissões de gás metano pela criação animal e construídas propostas de mitigação e convivência com os impactos das mudanças climáticas. Também será apresentado ao público paulista o projeto Biomas, desenvolvido em parceria da CNA com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), uma iniciativa que tem o objetivo de conciliar proteção ao meio ambiente e produção agropecuária.

Haverá uma ampla gama de debates durante o FEED 2010. No início da tarde de segunda-feira, por exemplo, será realizado um painel com o tema "A pecuária e sua responsabilidade nas emissões brasileiras", com Roberto Smeraldi, da OSCIP Amigos da Terra - Amazônia Brasileira; e Dante Pazzanese Lanna, doutor em Ciência Animal pela Cornell University e professor da Universidade de São Paulo.

Na terça-feira, o ex-ministro Delfim Neto faz palestra sobre "O acordo sobre mudanças climáticas e seus impactos na economia dos países emergentes". A programação completa está disponível no Canal do Produtor (www.canaldoprodutor.com.br).

As informações são da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Para mais informações entre em contato pelo telefone (11) 3888-2234 ou através do site www.canaldoprodutor.com.br

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade