Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Adubação de Pastagens: conceitos essenciais

postado em 12/01/2011

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A degradação das pastagens e a nutrição inadequada da planta forrageira são uns dos principais responsáveis pela baixa produtividade da atividade pecuária a pasto.

Diante do ritmo em que as pastagens entram em degradação, as sucessivas reformas promovidas pelo pecuarista, mesmo alternando as espécies forrageiras introduzidas nas áreas, vão progressivamente diminuindo a capacidade de suporte da propriedade e, consequentemente a rentabilidade do sistema, o que desestimula os produtores a se manterem na atividade pecuária.

Por isso, melhorar a eficiência do pastejo, eliminando perdas por rejeição ou pisoteio, é um dos principais fatores que o produtor deve observar quando aduba a pastagem.

Aplicar as técnicas corretas de adubação afeta diretamente a quantidade e qualidade da forragem produzida e ofertada ao rebanho, aumentando a eficiência de produção de carne e leite a pasto. Aprenda a importância da exploração intensiva de sistemas pecuários a pasto e aspectos importantes a serem ponderados antes da adoção dessa técnica.

O Curso Online Adubação de Pastagens: conceitos essenciais, será ministrado por Ricardo C. D. Goulart, M.Sc., engenheiro agrônomo e doutorando em Ciência Animal e Pastagens pela Esalq/USP, e tem início marcado para o dia 17 de fevereiro de 2011.

Este curso trará informações sobre conceitos essenciais para garantir o sucesso da adubação de pastagens, ensinando aos alunos como aumentar o índice produtivo da pastagem por meio da adubação, garantindo a perenização da espécie forrageira, eliminando a necessidade de constantes reformas e garantindo o aumento da produtividade.

Para facilitar o aprendizado e melhorar a discussão sobre os assuntos abordados, os temas serão divididos em 5 módulos:

• Módulo 1: Importância da exploração intensiva de sistemas pecuários a pasto e aspectos importantes a serem ponderados antes da adoção dessa técnica

• Módulo 2: Conceitos básicos de fertilidade do solo, amostragem e interpretação de análise do solo

• Módulo 3: Uso de corretivos agrícolas e adubação nitrogenada e sulfatada em pastagens

• Módulo 4: Adubação fosfatada e potássica em pastagens

• Módulo 5: Micronutrientes, reciclagem de nutrientes e fatores determinantes do sucesso da adubação de pastagens

Clique aqui para ver a programação completa e se inscrever!

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Moacyr B. Dias-Filho

Belém - Pará - Pesquisa/ensino
postado em 12/01/2011

Sem dúvida o assunto é muito importante. No entanto, devemos estar atentos para o fato de que nem sempre a degradação de pastagens está relacionada a baixa fertilidade do solo.

JOSÉ DE RIBAMAR DA SILVA PIMENTEL

Redenção - Pará - Consultoria/extensão rural
postado em 01/11/2011

Gostariamos de ver se  possível, resultados da pesquisa a respeito de formação e utilização de pastagens em área de campo nativo(área de cerrado), onde não foi feito, correção e adubação, que no momento está sendo muito utilizado por produtores na região sul do Estado do Pará, com as gramíneas, Andropogon e Brachiaria humidícula ( Quicuio da Amazônia).

Tal sistema está sendo implantado em decorrência da dificuldade de aquisição de calcário e preços altos de adubos.Para o plantio do Andropogon as sementes são jogadas após a aração e gradagem, já o quicuio é  plantado junto com o bachiarão e depois de 2 anos quando o brachiarão degrada o quicuio se torna o pasto principal.

Gostariamos de acompanhar um trabalho da pesquisa no desenvolvimento das atividades na região.

Atenciosamente,

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade