Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Fatores importantes para iniciar um projeto de irrigação

postado em 24/05/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A água é um dos principais fatores do desenvolvimento das culturas e a irregularidade do regime pluviométrico de algumas regiões pode tornar-se uma restrição ao desenvolvimento agrícola. A irrigação tem sido uma das técnicas mais utilizadas na agricultura, visando acréscimos nas produtividades. Um bom sistema de irrigação deve aplicar água uniformemente, até determinada profundidade, propiciando umidade necessária ao desenvolvimento normal das espécies vegetais (DRUMOND, 2003a).

O déficit hídrico tolerável pelas plantas varia em geral entre 30 e 60% de água total disponível, que depende do tipo de cultura, do tipo de solo e da evapotranspiração.

Plantas forrageiras apresentam efeitos diversos em relação ao estresse hídrico. Esses efeitos são refletidos através da redução no peso da matéria seca, na emergência das panículas e retardamento no alongamento do caule. A resposta mais sensível da planta ao estresse hídrico é a diminuição do crescimento celular, pois está diretamente relacionado à sua expansão e ao vigor.

É importante acrescentar que a água que a planta retira do solo para evolução do seu ciclo é devolvida para a atmosfera numa proporção de 98%, sendo que apenas cerca de 2 % ficam retidos na planta. Sob condições de estresse hídrico, a fotossíntese, a respiração, a divisão celular, a absorção e a translocação de nutrientes são afetados e a planta tem seu crescimento diminuído ou até mesmo paralisado (VIEIRA, 1995).

Fatores importantes em um projeto de irrigação

Primeiramente, para realização de um projeto de irrigação de pastagem deve-se ter:

- Levantamento plani-altimétrico da área com curvas de nível interpoladas de 1 em 1 metro;
- Planta em autocad;
- Planejamento e decisão sobre o projeto;
- Avaliar a vazão disponível;

O conhecimento dos fatores que devem ser levados em consideração em um projeto de irrigação é de suma importância para um técnico julgar um projeto. A seleção dos aspersores, o consumo de energia, a retenção de água no solo e a jornada diária de serviço são fatores essenciais que podem determinar a viabilidade de um projeto de irrigação.

Principais sistemas de irrigação de pastagens

- Pivô central
- Sistemas de aspersão em malha.
- Autopropelido.
- Barras irrigadoras.
- Sistemas de aspersão portátil.
- Sistemas de aspersão fixo.
- Sistemas lineares e de cantos.

Dentre os métodos de irrigação mais utilizados em pastagens, destaca-se a aspersão. A irrigação por aspersão é bastante utilizada, devido à possibilidade de elevada uniformidade de distribuição, à adaptabilidade a diversas culturas e solos, ao fácil controle do volume de água aplicado e à possibilidade de aplicação de fertilizantes e outros produtos através da água de irrigação.

Uma outra possibilidade bastante viável é a aplicação de dejetos líquidos de suínos e bovinos via sistema de irrigação por aspersão (DRUMOND, 2003ª). Estudos comprovam que os estercos de suínos, de bovinos e de aves, quando adicionados ao solo, tem potencial para promover grande melhoria nas suas propriedades físicas, biológicas e químicas (GALBIATTI et al., 1992).

Portanto, sua utilização favorece tanto o produtor, quanto o meio ambiente. A aplicação dos dejetos em pastagens seria uma alternativa, já que normalmente são estabelecidas em solos exauridos e/ou de baixa fertilidade natural, como os solos do Cerrado.

Este trecho é parte do conteúdo do Curso Online Irrigação de Pastagem, que terá início no dia 07 de junho.

O curso será baseado nos fatores mais importantes em um projeto de irrigação; os principais sistemas de irrigação de pastagem; a fertirrigação e aplicação de águas residuárias; o manejo racional da irrigação; a gestão, os investimentos e custos.

O instrutor deste curso é o doutor em Agronomia pela UNESP/Jaboticabal, M.Sc. em Engenharia Agrícola pela UFV, e Engenheiro Agrônomo também pela UFV/MG, Luis César Dias Drumond, que fez cursos de atualização na área de irrigação no Brasil e Exterior, e atualmente é professor e pesquisador da Universidade Federal de Viçosa - Campus Rio Paranaíba.

Participe deste curso e entenda todos os fatores importantes da irrigação de pastagem, tornando a produção das pastagens o mais rentável possível!

Saiba mais e inscreva-se!

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade