Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia Produtiva > Especiais

4ª cotação mensal do preço do cordeiro: demanda permanece firme e parceria passa a ser o foco de alguns estados

postado em 20/04/2011

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Desde janeiro deste ano, o FarmPoint está realizando a cotação mensal do preço do cordeiro. O objetivo inicial é coletar informações com agentes de mercado de alguns Estados, de modo a estabelecer um entendimento claro de como está funcionando a ovinocultura e futuramente, elaborar artigos com análises e tendências. Este conteúdo é inédito, as perspectivas são de crescimento e uma das metas é coletar informações de outros Estados que ainda não estão incluídos na nossa pesquisa. Esta é a 4ª Cotação Mensal do Preço do Cordeiro realizada pelo FarmPoint.

Para a elaboração deste projeto, realizamos um levantamento e entramos em contato com frigoríficos e produtores de carne de várias praças (associações, cooperativas e produtores que possuem uma marca de comercialização de carne) e órgãos estaduais que realizam cotações regionais de carne de cordeiro. Esta é mais uma iniciativa do FarmPoint para levar informações relevantes aos leitores.

Tabela 1 - 4ª Cotação Mensal do Preço do Cordeiro - abril de 2011.



* Fonte: Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), Emater/RS, Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro), Centro de Abastecimento Alimentar de Pernambuco (Ceasa), Informativo Semanal do Preço do Cordeiro - UNICETEX/FZEA/USP, frigoríficos dos estados participantes, cooperativas, associações e produtores de ovinos. PS: cotação realizada entre os dias 18 e 19 de abril de 2011.

Destaques

Informantes da Bahia comentaram que a oferta de animais está boa. Um deles ainda complementou que os animais para abate atualmente são de ótima qualidade devido o melhoramento genético realizado, porém, há uma certa dificuldade na comercialização da carne ovina, visto que esta encontra-se estagnada em alguns pontos de venda.

Um dos informantes de mercado do Paraná comentou que a demanda por carne ovina está enorme no estado. "Estamos buscando parcerias com outros estados para tentar suprir a constante procura pelo produto". Na mesma linha, um informante de mercado do Estado de São Paulo (região de Araras, Leme e Pirassununga) frisou que a demanda está forte com pouco fornecimento e que inclusive, há dificuldades para reposição (desmama). "Os terminadores estão importando animais do MT e MS. Essa é a única solução no momento", finalizou ele.

No Rio Grande do Sul, a oferta de cordeiros se manteve estável comparado com o mês passado, porém, com tendência de queda. No MS a oferta está boa e no MT há tendência de aumento dos preços.

Confira a terceira Cotação Mensal do Preço do Cordeiro - mês de março!


Raquel Maria Cury Rodrigues, Equipe FarmPoint

Quer ser um informante de mercado? Entre em contato pelo box abaixo ou envie um email para: contato@farmpoint.com.br

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

noemy

Três Corações - Minas Gerais - Estudante
postado em 28/04/2013

eu queria mesmo era saber  quais os estados e regiões  brasileiros mais ricos em exploração da caprina

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade