carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia Produtiva > Especiais

A força da mulher na administração de negócios rurais - Parte II

postado em 18/03/2014

8 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Qualidade de vida. Esse foi o motivo que levou Denise Victório a trocar um trabalho burocrático em São Paulo, por um negócio rural no interior do Estado. Na segunda reportagem especial sobre mulheres a frente de empresas no campo, vamos conhecer a história da ex-funcionária de cartório, que há seis anos reuniu as economias e adquiriu uma propriedade na cidade de Silveiras, no Vale do Paraíba. No local passou a criar ovinos destinados a cortes e criou a marca “Fazenda Real da Bocaina”.



Filha de um ex-funcionário do ministério da agricultura, Denise passou a infância e parte da adolescência no campo, na região de Ribeirão Preto. Foi essa vivencia no interior que ajudou na mudança da rotina de escritórios para o ambiente da roça. “Não foi fácil trocar a vida na cidade pelo campo, mas encarar o desafio de administrar um novo negócio me estimulou e ajudou nessa transição”, contou Denise.

Com o objetivo de atender o mercado exigente da gastronomia especializada, investiu em um controle rigoroso de produção para conseguir padronizar seus animais e oferecer cortes dos cordeiros nos tamanhos ideais. Para garantir a qualidade do produto, acompanha todas as fases da produção, desde o nascimento dos animais até o abate, realizado em um abatedouro certificado na cidade de Boituva.

“Faço questão de fazer o transporte até Boituva, há cerca de 200 quilômetros de distância da minha propriedade, mas vale a pena, pois reduzo o estresse dos animais e garanto que a carne não perca suas características”, explicou a empresária.



Redução dos custos

Porém apesar de toda dedicação, a empresária ainda enfrentava dificuldades para reduzir os custos da produção e tornar o negócio mais rentável. A solução surgiu quando ela passou a receber a consultoria de agronegócios do Sebrae-SP. Após uma avaliação criteriosa nos processos, os técnicos identificaram que a mão de obra exercia o maior peso nas contas e a partir disso estão buscando soluções para amenizar esse impacto.

“Passamos a orientar na mensuração do tempo e da mão de obra utilizada em cada fase do processo e a partir dai auxiliamos no desenvolvimento de ferramentas de controle, possibilitando uma redução no impacto econômico da mão de obra fixa e temporária na produção dos cordeiros”, explicou Guilherme Felipe dos Santos, analista de agronegócios do SEBRAE-SP (E.R.Guaratinguetá).



Com essas primeiras mudanças, Denise já conseguiu uma redução de 13% nos gastos com mão de obra, em um período de seis meses. “Esse controle foi importante, pois me possibilitou continuar oferecendo um produto de alto padrão, mas com um custo mais competitivo, pois infelizmente grande parte do mercado valoriza mais preço do que qualidade”, avaliou a empresária.

Atualmente a Fazenda Real da Bocaina produz cerca de sete toneladas de carne de cordeiro por ano, que abastecem restaurantes da Capital, Bragança Paulista, Cunha e Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A proprietária também é uma das fornecedoras do Festival do Cordeiro Serrano, evento gastronômico realizado todos os anos, em Cunha.

A presença da mulher no campo sempre foi algo comum no Brasil. De acordo com o último levantamento do IBGE, um em cada três trabalhadores rurais é do sexo feminino. A novidade é que além do serviço braçal, cada vez mais elas estão tomando a frente dos negócios rurais e mostrando que o cuidado e a sensibilidade feminina podem fazer a diferença no sucesso dos empreendimentos agrícolas. E para mostrar essa nova tendência durante o mês de março, o mês da mulher, o portal FarmPoint irá apresentar uma série de reportagens com empresárias que estão se destacando no meio rural. Veja a primeira matéria clicando aqui.


 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Ricardo Negrini

Cunha - São Paulo - Produção e processamento de leite
postado em 18/03/2014

Parabéns Denise !!! sabemos que existem poucos empresários e/ou empresárias com a mesma tenacidade, foco e paixão pelo negócio de ovinos. O ramo precisa de mais Denises !!

Carlos Otavio Lacerda

São José dos Campos - São Paulo - Produção de leite
postado em 18/03/2014

Muito legal. Exemplo a ser seguido

ANTONIO CARLOS DA SILVA

São Paulo - São Paulo - Produção de caprinos de corte
postado em 18/03/2014

PARABENS A FARM POINT PELA EXCELENTE COBERTURA A OVINOCULTURA DA REGIÃO E EM ESPECIAL PARA A DENISE, QUE TÃO BEM REPRESENTA AOS CRIADORES.

Marivaldo Vieira Ramos

Itaberaba - Bahia - Consultoria/extensão rural
postado em 19/03/2014

Belo Trabalho,Vontade,Dedicação,Tudo leva com certeza ao sucesso,Sou Zootecnista e moro aqui na Chapada Diamantina Bahia,fui pioneiro em IATF em ovinos,mas a região ainda estar distante em aplicar ferramenta que desenvolva a criação na região,mas um dia quem sabe teremos pessoas parecidas a Sra.Denise,acreditando e fazendo valer o destino promissor na criação de ovinos,mudando a mentalidade da monocultura regional.
Parabens Sra Denise.exemplo de vontade na ovinocultura do estado de São Paulo.

Pedro Lotufo

Taubaté - São Paulo - Proprietário de cão/cães
postado em 19/03/2014

Parabéns Denise pelo comprometimento e pelo amor que exerce na produção.
É de mais produtores como você que nossa região precisa.
Parabéns também FarmPoint pela ótima reportagem!

Felipe de Medeiros Rimkus

Garça - São Paulo - Consultoria/extensão rural
postado em 19/03/2014

Parabéns à produtora por traduzir em ações a interpretação e a gestão das informações. Planejando o caminho se desenha o resultado, esses passos levam à firme e objetiva estruturação da cadeia produtiva.

jorge valentim gouveia

Joinville - Santa Catarina - ADVOGADO AGROAMBIENTAL
postado em 19/03/2014

Parabéns pelo empenho e dedicação. O Brasil precisa de pessoas como a Senhora.

Flavio Cristiano Marques Melo

Ribeirão Preto - São Paulo - Consultoria/extensão rural
postado em 03/04/2014

Parabéns Denise pelo seu empenho e esforço em fazer desta atividade sua profissão. Somos muito agradecidos em ter a oportunidade de trabalhar e acompanhar sua evolução na ovinocultura, além de sabermos do alto potencial produtivo que sua propriedade possui.
Gostaríamos de possuir mais Denises no Brasil, mulheres desbravadoras e otimistas.
Parabéns pelo excelente trabalho!!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade