Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Agropecuária é tema do carnaval da Mocidade em 2011

postado em 14/01/2011

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A agropecuária brasileira, que transformou o País em um dos grandes produtores mundiais de alimentos, será homenageada pela Mocidade Independente de Padre Miguel no Carnaval do Rio de Janeiro de 2011. No desfile de domingo, 6 de março, a escola de samba levará para o sambódromo o enredo "Parábola dos Divinos Semeadores", contando a história e a importância do campo ao longo dos séculos. A homenagem aos produtores de alimentos conta com o apoio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

A ideia é mostrar a verdadeira imagem do setor rural à sociedade brasileira e difundi-la para os mais de 150 países que acompanham a maior festa popular do planeta. "O mundo não vai ver apenas a agropecuária que produz o aliemnto que vai à mesa das famílias brasileiras, mas a agricultura e a pecuária feitas da forma correta, conciliando produção de alimentos sem deixar de lado a preservação do meio ambiente", destaca a presidente da CNA, senadora Kátia Abreu.

Com o enredo "Parábola dos Divinos Semeadores", a Mocidade Independente vai contar na avenida todas as etapas da história do setor rural. O início desse processo é marcado pelo derretimento do gelo que predominava sobre o planeta Terra, permitindo a libertação do homem e o surgimento das primeiras sementes, que ao longo do tempo se transformaram em vegetação abundante e fartura de alimentos, cujas colheitas eram celebradas como o grande acontecimento do ano.

Também serão feitas referências aos orixás e deuses que simbolizavam a agricultura e a pecuária na antiguidade, além da descoberta da vocação agropecuária no Brasil e o crescimento da atividade. Tudo associado à fartura das festas e eventos tradicionais nas cinco regiões brasileiras, resultado do trabalho do homem do campo. Por fim, o encontro do passado com o presente na maior festa popular do planeta: o Carnaval, que surgiu como forma de celebrar justamente as boas colheitas em séculos passados.

Figura 1 - 3,8 mil fantasias representarão o enredo "Parábola dos Divinos Semeadores" na Sapucaí, no dia 6 de março.



Samba-Enredo

No final de outubro, foi definido o samba-enredo da escola para o Carnaval de 2011. É a letra que os integrantes da escola cantarão durante o desfile. Com refrão envolvente, a composição é de autoria dos compositores J. Giovanni, Zé Glória e Hugo Reis, os mesmos autores que fizeram o samba enredo da escola no Carnaval de 2010. "É um samba de fácil comunicação com o público, fácil de ser cantado e certamente vai sacudir a avenida", aposta Rixxa, um dos intérpretes oficiais da Mocidade Independente e um dos profissionais mais experientes e respeitados no meio artístico carioca.

Ouça o samba enredo










"Parábola dos Divinos Semeadores"

Uma luz no céu brilhou, liberdade!
Meu coração venceu o medo
O que era gelo se tornou felicidade
A esperança se espalhando pelo chão
A natureza tem mistérios e magias
Rituais, feitiçarias, deuses a me abençoar
Levado pela luz da Estrela Guia
Eu vou por onde a semente germinar
O que eu plantei, o mundo colheu
Um milagre aconteceu
A vida celebrou um ideal
E a fartura se transforma em festival

Festa de Ísis, a farra do vinho
Em Roma a semente foi brotar
Mudaram meu papel, oh Padre Miguel!
Hoje ninguém vai me censurar
O baile da máscara negra
Até a nobreza teve que engolir
Meu Brasil, de Norte a Sul sou manifestação
Aonde vou arrasto a multidão
De cada cem só não vem um
Vou voltar, um dia ao espaço sideral
E reviver o meu ziriguidum, em alto astral

Tá todo mundo aí??? Levanta a mão
Quem é filho desse chão
Chegou a Mocidade fazendo a alegria do povo
Meu coração vai disparar de novo


Fantasias

Clique e veja algumas fantasias.

A reportagem é da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), resumida e adaptada pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Artur Queiroz de Sousa

Cambuquira - Minas Gerais - Produção de café
postado em 15/01/2011

Parabéns pela iniciativa. Já vi campanhas nos USA muito bem feitas, na TV, mostrando ao consumidor a importância dos produtores, para gerar alimentos para a população urbana.Vejo na Europa, como votam os deputados, aprovando fortemente subsídios a seus produtores, para que possam ter alimentos em suas mesas. Mas, fico perplexo, como no Brasil, a população urbana, tem preconceitos e um pé atrás com a classe ruralista. Neste site, a poucos dias, vi uma homenagem da BASF, que muito me agradou. Agora estou vendo uma grande atitude da CNA, através da sua presidente, Senadora Kátia Abreu, em mostrar na avenida, para o Brasil e para o Mundo, a importância da Agricultura.
Atitudes como essa, vão marcar a era da mudança, onde o produtor, não é denegrido em sua imagem, deixa de ser o jeca tatu, o depredador da nossa flora e fauna, o empregador em trabalho escravo, e mostra o lado de produzir com consciência social e ambiental, como gestor, como empreendedor. Fico feliz com esta atitude, e tomara que a Escola de Samba saia Campeã em 2011.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade