Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Argentina: governo de Tucumán investirá em caprinos

postado em 13/01/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O governo da província argentina de Tucumán decidiu investir 3,80 milhões de pesos (US$ 954,85 mil) na produção caprina. Este iniciativa ocorreu devido o domínio da informalidade, que condicionou a sobrevivência dos pequenos produtores através da venda limitada e baixos preços.

Desta maneira, o governo da província fará parte da rede comercial para dar formalidade e estabelecer controle através de um programa que inclui a construção de um frigorifico e queijarias na principal bacia produtiva local, no departamento de Graneros, ao sudeste de Tucumán.

A ajuda oficial que será concretizada através do Ministério de Desenvolvimento Produtivo provincial e seus diferentes programas pecuários beneficiará diretamente 220 produtores e terá como objetivo não somente modificar a cultura de negócio nessa região, mas também, a inserção do produto na cadeia comercial nacional, o que implicará ao mesmo tempo um maior controle sanitário e qualidade a nível federal.

Em 12/01/11 - 1 Peso Argentino = US$ 0,25128
3.97232 Peso Argentino = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Infocampo, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade