Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Companhia neozelandesa impulsiona venda de carne de cordeiro no Brasil

postado em 03/10/2013

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A companhia neozelandesa, Alliance Group, lançará um novo programa sazonal de exportação da carne de cordeiro Pure South ao Brasil após um teste bem sucedido no ano passado. Os envios no final desse mês de outubro serão apoiados por uma campanha promocional para impulsionar a demanda entre os consumidores, lojas varejistas e chefs. A campanha também aumentará a conscientização sobre as carnes vermelhas e mostrará as melhores maneiras de preparar o produto.

A Alliance comercializará o produto como super premium em supermercados de alta qualidade, online, por meio de seu parceiro no mercado, Wessel, restaurantes de alta qualidade e hotéis cinco estrelas. A campanha também focará em operações de franquia.

O gerente geral e de marketing do Alliance Group, Murray Brown, disse que a campanha promocional incluirá apresentações no mercado ao setor varejista, chefs e mídia, testes de degustação, educação para vendas e publicidade. “Um importante foco será requerido para aumentar a conscientização e ajudar a educar os consumidores brasileiros sobre os benefícios de consumir carne de cordeiro da Nova Zelândia”, disse Brown. “Nosso parceiro no mercado, Istvan Wessel, também nos ajudará a fazer uma conexão com os tomadores de decisão por meio de seu influente programa diário de rádio”.

“O Brasil é a sexta maior economia do mundo e o ponto central dos negócios da América do Sul. A carne de cordeiro é vista como nicho nos principais serviços de varejo/food service e a gama de produtos é de alto valor, direcionada pelo corte rack. Nos próximos anos, o governo brasileiro investirá bastante na infraestrutura do país para atender o fluxo de visitantes para a Copa Mundial de Futebol de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016, de forma que, naturalmente, o Alliance Group quer alavancar essa oportunidade”.

O teste comercial da companhia no setor de varejo e serviços alimentícios em São Paulo em novembro passado foi bem sucedido, disse ele. “Houve demanda para cortes de alta qualidade, particularmente racks, middles desossados e cortes dianteiros. Também estamos satisfeitos com a filosofia empresarial do nosso parceiro no mercado em termos de marca e posicionamento, pois complementa nossa filosofia de marketing. Ambas as companhias estão comprometidas com o desenvolvimento da carne de cordeiro da Nova Zelândia no Brasil. Como é o caso com mercados emergentes, o teste forneceu muitas informações e a curva de aprendizado foi íngreme”.

Apesar de o desenvolvimento do produto no mercado brasileiro ser lento, o país oferece oportunidades significantes para a companhia. “Reconhecemos que esse mercado requererá perseverança, paciência e entendimento. Entretanto, isso representa um investimento no futuro. O Brasil surgiu como um importante player da economia mundial e a crescente classe média do país está ávida para consumir produtos como a carne de cordeiro Pure South”.

“Com a mudança econômica do Ocidente para o Oriente, o Alliance Group identificou a necessidade de se posicionar para o futuro e está investindo tempo e recursos consideráveis para aumentar a presença nas economias dos país pertencentes ao BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China)”.

A reportagem é do http://www.ruralnewsgroup.co.nz, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

virlei abadia pereira

Novo Acordo - Tocantins - Produção de ovinos de corte
postado em 05/10/2013

A Associação dos Trabalhadores Rurais do Alto Lindo do Tocantins-Associatins-cnpj-06.002.863/0001_84 vem na pessoa do seu presidente-Virlei A.Pereira apoiar esse importante projeto pois temos enfrentado todo tipo de descaso junto as instituições financeiras e governamental por não apoiar nossa atividade.Buscamos parceiros para nos ajudar a desenvolver um grande projeto pois temos terra,mão-de-obra,agua de ótima qualidade,logistica e vários municípios interessados em se associar à nossa associação para isso precisamos de uma empresa que seja nossa parceira pois não conseguimos nenhum tipo de financiamento para iniciarmos na atividade.Os bancos alegam falta de compradores para que tenha segurança nas operações de crédito haja visto que falta tradição da atividade, mas, temos vários pequenos produtores na região sem nenhuma assistência técnica capaz de ajudar a evoluir.Queremos iniciar,com a estrutura que temos,com 5.000 matrizes mas com o objetivo de multiplicar esse numero,com parceria de 5 municípios,várias vezes muito rapidamente.A Associação esta sendo transformada em Cooperativa para nos ajudar a melhorar o relacionamento com algumas instituições.Esperamos poder fazer parte dessa cadeia produtiva e ajudar a aumentar a produção de carne de cordeiro com a qualidade que o mundo precisa e mudar a realidade dessa importante atividade.Deixamos aqui nossos sinceros votos de sucesso à empresa e esperamos contribuir com nossa parceria.Grato.Virlei-Presidente.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade