Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Embrapa testa bagaço do caju para controle de verminose em caprinos e ovinos

postado em 06/04/2015

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Embrapa Meio-Norte está trabalhando para estabelecer um programa de controle de verminose em pequenos ruminantes. A pesquisa testa o bagaço do pedúnculo do caju, que é rico em tanino, uma substância que age contra vermes intestinais de caprinos e ovinos.

O programa criaria, assim, mais uma opção para o destino dos resíduos da indústria de suco de caju, sem riscos ao meio-ambiente. O principal alvo do estudo, segundo a pesquisadora Izabella Hassum, é o parasita Haemonchus contortus, conhecido como vermelhinho. Ele é o grande inimigo sanitário dos rebanhos, responsável pela morte de caprinos e ovinos.

A pesquisadora ressalta que o controle quimioterápico da verminose em pequenos ruminantes não tem tido a eficácia esperada, "pois há resistência dos nematódeos aos medicamentos utilizados". Pesquisas em outros países, segundo ela, têm mostrado que o uso de taninos condensados vem controlando de forma eficiente a verminose em caprinos e ovinos.

O trabalho está na fase de análise dos resíduos agroindustriais, nos laboratórios de Bromatologia da Unidade e de Nutrição Animal do Centro de Energia Nuclear em Agricultura, da USP, onde estão sendo identificadas substâncias e a quantidade delas. O projeto começou a ser executado em outubro de 2014 e vai até agosto de 2016. O orçamento é de R$ 124.699,50. O aporte dos recursos financeiros é do Tesouro Nacional. A Universidade Federal do Piauí também é parceira da Embrapa no projeto.

As informações são da Embrapa Meio-Norte, adaptadas pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade