Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Equipamentos vão monitorar 18 mil ovinos e caprinos no Sertão alagoano

postado em 26/07/2012

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Desenvolve - Agência de Fomento de Alagoas realiza, na próxima sexta-feira (27), um ato para entrega de equipamentos do Programa de Rastreabilidade da Cadeia de Ovinocaprinocultura do Alto Sertão de Alagoas. O evento acontece às 10h, no auditório da Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), unidade Centro.

O programa, que vem sendo desenvolvido há três anos, busca aumentar a especialização na atividade dos diversos elos da cadeia produtiva, através da especialização dos pequenos produtores familiares na fase da produção e terminação de animais de corte. Além disso, tem o objetivo de criar uma oferta de produtos certificados e rastreados com inspeção sanitária federal, e promover o acesso do produtor ao mercado consumidor.

Segundo o diretor de Desenvolvimento e Projetos da Desenvolve, Fábio Leão, o uso dos equipamentos distribuídos pelo programa é fundamental para a modernização do manejo do rebanho através de métodos eficientes de controle reprodutivo que garantam o aumento da produção. "O animal que receber o brinco poderá ser acompanhado com informações desde o seu nascimento até o abate", explicou.

Como ponto forte do programa, o evento de entrega dos equipamentos será marcado pela apresentação do sistema de rastreabilidade aos produtores e pela assinatura do termo de responsabilidade para utilização dos equipamentos adquiridos no convênio.

De acordo com a analista de Projetos da Desenvolve, Cintia Silver, foram adquiridos 18 mil brincos de identificação animal. "Além dos brincos que serão aplicados nos animais, estaremos entregando um aparelho de ultrassom e aplicadores dos brincos, que são fundamentais para o processo de monitoramento do rebanho", enfatizou.

Pioneirismo

O Programa de Rastreabilidade da Cadeia de Ovinocaprinocultura do Alto Sertão de Alagoas é fruto de um convênio firmado entre a Desenvolve - Agência de Fomento de Alagoas e o Fundo Multilateral de Investimento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID-Fumin) e conta com o apoio do Sebrae Alagoas e da Cooperativa da Agricultura Familiar de Delmiro Gouveia (Coofadel).

De acordo com o diretor-presidente da Desenvolve, Antonio Carlos Quintiliano, o convênio coloca o Estado de Alagoas na frente dos demais, quando o assunto é rastreabilidade animal. "O programa, além de estar contribuindo diretamente para o desenvolvimento social e econômico do Sertão alagoano, está colocando o Estado como o primeiro no Brasil a monitorar os animais, estimulando a melhoria da produção e comercialização", destacou.

O evento de entrega dos equipamentos, que será realizado na próxima sexta-feira (27), conta com a parceria do Sebrae Alagoas, Coofadel, Seplande e Seagri.

As informações são da Agência Alagoas, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Jose da Cunha Medeiros

São José do Seridó - Rio Grande do Norte - Produção de ovinos de corte
postado em 30/07/2012

Parabéns para o Estado de Alagoas pelo pioneirismo no trabalho de monitoramento e  rastreamento da ovinocutura. Isso pode representar o ponta pé para a melhoria e sustentabilidade desse seguimento pecuário. Servirá também de exemplo para as autoridades de outros Estados, principalmente do Nordeste.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade