Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Organizações de todo o mundo pesquisarão credenciais ambientais da lã

postado em 22/11/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Organizações de lã de todo o mundo se unirão para pesquisar as credenciais ambientais dessa fibra natural. O ponto de partida é a publicação de um relatório científico avaliando as Análises do Ciclo de Vida (LCA, em inglês) existentes para a lã.

A Organização Internacional de Lã Têxtil (IWTO, sigla em inglês) se reuniu com a Australian Wool Innovation (AWI) para produzir uma avaliação mais bem informada dos atributos ambientais da lã. A pesquisa conjunta pretende confirmar que a lã é uma fibra premium sustentável e acessível para uso em vários setores, como moda, estilo de vida, saúde e interiores. "Marcas de luxo e varejistas globais estão constantemente buscando garantias dos fornecedores para seus clientes em questões sobre proveniência e sustentabilidade", disse o presidente da IWTO, Peter Ackroyd.

Nove LCAs atuais da lã de vários estágios de produção e uso foram avaliados para seu valor. Todos as LCAs estão disponíveis como documentos científicos ou relatórios públicos e recentemente foram criticamente analisados por Beverley Henry, da Universidade de Tecnologia de Queensland. O alcance, as metodologias e as hipóteses contidas nesses relatórios foram avaliadas e Henry fez recomendações com relação aos próximos passos, criando um estudo não categórico das credenciais ambientais da lã.

O chefe do Grupo de Trabalho de Credenciais Ambientais da IWTO, Paul Swan, disse que estão sendo feitos progressos no sentido de confirmar as credenciais da lã como uma fibra boa para o meio-ambiente. "As LCAs produzidas até agora cobrem um grande número de países produtores, ambientes de produção, cadeia de fornecimento e produtos como roupas, tapetes e isolantes. Precisamos agora considerar a cadeia inteira, da produção até a reciclagem de produtos".

A IWTO está trabalhando em um processo para encorajar a colaboração entre os pesquisadores das LCAs da lã em todo o mundo para garantir que os dados possam rapidamente ser agregados, os métodos de alocação resolvidos, as lacunas de dados preenchidas e novos dados amplos de LCAs de lãs para tapetes e roupas publicados.

A AWI está atualmente financiando pesquisas nas fazendas onde mais dados são coletados, incluindo métodos de alocação e emissões de gases de efeito estufa. Mais pesquisas são conduzidas nas áreas da fase dos consumidores, descarte e reciclagem.

A secretaria geral da IWTO, Elisabeth van Delden, disse que a ideia é entender as pegadas ambientais da lã e garantir que os membros do setor reconheçam o compromisso com as credenciais ambientais do produto e que a lã não somente é uma fibra natural, mas também, é sustentável.

A reportagem é do http://www.fibre2fashion.com, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade