Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

PB: governo investe na melhoria da ovinocaprinocultura

postado em 23/12/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Governo da Paraíba começa a concretizar a meta de recuperar o plantel estadual de caprinos e ovinos e ampliar o banco genético com raças específicas para a produção de leite e carne. Essa conquista agora está bem mais próxima, com o regresso da comissão de pesquisadores que o Estado enviou à África do Sul. A comissão visitou 10 fazendas e percorreu nove mil quilômetros.

A Paraíba deve importar dois mil embriões no primeiro semestre de 2010. Os trabalhos de inseminação serão realizados na Estação Experimental de Pendência/PB. O primeiro lote de embriões, que deve chegar no final do primeiro semestre de 2010, será implantado em matrizes previamente selecionadas. Uma parte vai ser duplicada em laboratório para uma ação continuada do programa.

Os embriões importados servirão para melhorar a qualidade do rebanho, especificamente das raças caprinas Boer, Savana, Alpina Britânica e Saanen, além de ovinos Dorper e Damara. Foram inspecionados mais de 2.500 animais e selecionado um banco de dados com 780 doadoras e 32 reprodutores de alto valor genético.

Como parte do processo de retomada do crescimento da cadeia produtiva da caprinocultura no Estado, já existem dois projetos de repasse de recursos aprovados, sendo um do Governo Federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e outro do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida).

Além disso, como parte do programa de recuperação da caprinocultura, o Governo do Estado vai estimular a instalação de dois frigoríficos com a participação do Sebrae-PB, porém esse projeto ainda precisa de uma definição de seus dirigentes. Esses frigoríficos devem ser inaugurados em 2020 e o seu funcionamento dependerá da constante oferta de animais.

A reportagem é do site www.clickpb.com.br, adaptada e resumida pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade