Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

PB: projeto AGROCAPRI é o maior investimento feito no Brasil objetivando pesquisas com ovinos e caprinos

postado em 18/02/2014

3 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Com a proposta de desenvolver modelos alternativos para a produção de carne e leite, além de modernizar e estimular o desenvolvimento desses setores no semiárido paraibano, a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) coordena as ações do projeto AGROCAPRI, maior investimento feito no Brasil para as áreas de pesquisa de caprinos e ovinos. O projeto, orçado quase dois milhões e meio de reais, foi custeado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Governo do Estado e CNPq.

Os setores de caprino e ovinocultura têm passando por várias transformações e vêm ganhando destaque no cenário do agronegócio. Hoje, essas áreas são responsáveis por boa parte da renda dos produtores no Nordeste. Porém, os sistemas de produção nestas atividades ainda são praticados de formas tradicionais, não atendendo às exigências mercadológicas em relação à regularização dos animais comercializados, qualidade e preço.

O projeto “Desenvolvimento de pesquisas para avanços e consolidação dos agronegócios, dos produtos e serviços da ovinocaprinocultura no semiárido - AGROCAPRI” reúne pesquisas em melhoramento genético, nutrição reprodução e forragens, como também na qualidade da carne, produtos derivados e produção orgânica de ovinos, este realizado em parceria com a Fazenda Tamanduá, localizada no município de Aparecida, na Paraíba. O principal objetivo do projeto é desenvolver um sistema de produção modelo, incluindo a escolha de genótipos adequados até a classificação e tipificação de carcaças, preparo de cortes cárneos e subprodutos, como queijo, linguiça e bebidas lácteas.

De acordo com o coordenador do projeto e diretor técnico da Emepa, Wandrick Hauss de Sousa, nas Estações Experimentais de Tacima e Pendência são incorporadas várias tecnologias já desenvolvidas pela Emepa e parceiros. O AGROCAPRI também contempla pesquisas de tipificação e classificação de carcaça e cortes comerciais, onde se mensura qual o sistema mais apropriado para tal uniformização e um melhor aproveitamento dos cortes que são oferecidos no mercado.

O AGROCAPRI proporciona uma técnica para regularizar a oferta de carne durante o ano e isso contribuirá para diminuir a clandestinidade dos produtos comercializados. A falta de regularidade e qualidade da oferta possibilita que o mercado clandestino ofereça nas feiras animais de baixa qualidade, gerando assim um ciclo vicioso porque muitas pessoas não consomem carne de caprinos e ovinos devido à incerteza da origem desses produtos. Deste modo, para atender a demanda o mercado ainda é importador do produto.

Benefícios nutricionais - Em relação aos benefícios nutricionais, a carne de caprino é a única que é comparada ao frango e a carne suína, porque tem o mesmo nível de proteína, mas também o mesmo teor de colesterol e de gordura. O leite também é bastante saudável e recomendável para criança, idosos e pessoas com intolerância à lactose.

Segundo Manoel Duré, presidente da Emepa, o AGROCAPRI é dividido em sete subáreas e foi orçado em mais de dois milhões de reais, sendo 400 mil investidos pelo Governo do Estado da Paraíba. O projeto tem o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) e conta com uma equipe de 32 pesquisadores e 18 bolsistas.

A matéria é da Emepa-PB, adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

ELTON PEREIRA DA SILVA

CURRAL DE CIMA - Paraiba - Estudante
postado em 28/02/2014

Excelente projeto. A Paraíba mostrando seu pontencial, além de contribuir com o desenvolvimento da caprino ovinocultura. Sucesso a todos os pesquisadores e discentes envolvidos.

RICARDO MEDEIROS

Natal - Rio Grande do Norte - Produção de ovinos de corte
postado em 06/03/2014

Um projeto desta envergadura, precisa ser bem divulgado para que seus efeitos positivos possam chegar aos produtores não só da Paraiba, mais de todo o Nordeste!

Walderi Francisco de Carvalho OLiveira

Palmas - Tocantins - Produção de ovinos de corte
postado em 29/05/2014

Fico bastante entusiasmado quando leio matérias como esta que divulgam a existência de projetos que têm por objetivo o melhoramento do desenvolvimento da ovinocaprinocultura  no nordeste, espero que os resultados se estendam ao maior número possível de produtores e que isso contribua para que a região  apropie-se do seu potencial no desempenho da ovinocaprinocultura nordestina.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade