Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

PR: programa de expansão da ovinocultura em Toledo

postado em 18/06/2010

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O município de Toledo, oeste do Paraná, está contando com o Programa de Expansão da Ovinocultura, sendo que a iniciativa e a coordenação são da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento da cidade e foi organizado pelo médico veterinário, Alexandre Emmel Garcia, que descreve o seu funcionamento e os benefícios que traz para a região. "Este Programa atende 58 produtores rurais e quer, através da diversificação de atividades nas propriedades, potencializar um aumento da renda do pecuarista", explica Garcia.

Para tanto, o planejamento prevê o fornecimento de 1.160 matrizes comerciais e mais 58 reprodutores PO aos criadores. "A carne dos cordeiros abatidos por volta de 4 a 5 meses, irá se somar ao cardápio de cinco restaurantes populares e a merenda escolar das escolas municipais", informa. Para que o Programa confirme o significado da palavra Expansão, o objetivo é que o produtor aumente o número de matrizes, sempre respeitando os limites de lotação das propriedades. "Como contrapartida, durante os 8 anos que se seguirem o produtor irá devolver 20 fêmeas, que serão repassadas aos novos produtores que estarão ingressando no Programa", destaca o veterinário.

Haverá um rigoroso monitoramento através de índices zootécnicos e os produtores seguirão os procedimentos de manejo, conforme orientação da coordenação do Programa, que traz uma novidade, pois quer atender produtores que já estão na atividade e os que nunca trabalharam com ovinos. "Para que ocorra o rendimento esperado, já estão acontecendo cursos, palestras, dias de campo e outros treinamentos, com a finalidade de repassar as técnicas de manejo e, com isso, se obter o lucro esperado e também para que se estimule aos outros pecuaristas a entrarem na atividade", enfatiza Garcia, ao dizer que os cordeiros serão abatidos no Frigorífico Municipal, construído com verbas municipais, estaduais e federais, especializado neste tipo de procedimento.

Um dos pontos que mais chama a atenção no Programa é o fato de que o preço das refeições servidas nos restaurantes populares não passará dos R$ 1,50. "A população da região poderá comer carne de cordeiro de qualidade por um preço acessível", comemora Garcia.

O consumidor terá a garantia de qualidade dos cortes, pois o Programa contempla o rastreamento de toda a carne dos animais abatidos no frigorífico, onde poderá ser lido no rótulo da embalagem: o tipo do corte, qual a procedência, o nome do criador, localização da propriedade, a raça, a idade em que o animal foi abatido e assim por diante. Garcia lembra ainda que, "o Programa acontece também em parceria com sindicatos rurais, sociedade rural, universidades e órgãos públicos ligados ao setor". O veterinário compara a ovinocultura dos dias de hoje com a suinocultura de 30 ou 40 anos atrás e complementa dizendo que, "temos mercado e produtores, mas é preciso reforçar a união e o profissionalismo exigidos, para que todos os envolvidos na atividade obtenham êxito, e assim, a ovinocultura comece a somar no PIB agropecuário e mantenha o município de Toledo como líder Agropecuário do Paraná, como ocorreu em 2009".

A reportagem é da Assessoria de Imprensa da ARCO, adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Maria da Graça Melim Schwartz

Curitiba - Paraná - Consultoria/extensão rural
postado em 25/06/2010

Caro Alexandre,
Sou veterinária e trabalho somente com pequenos ruminantes (ovinos e caprinos) na região de Curitiba. Fico muito contente em saber que em Toledo está se iniciando este programa que abrange toda a cadeia produtiva, desde a produção orientada por técincos, abate e comercialização da carne. Isto está nos faltando em nossa região. Parabéns, desejo que este programa vá em frente e alcance seus objetivos.
Atenciosamente,
Maria da Graça

Alexxxx

Alto do Amparo - Paraná - Distribuição de alimentos (carnes, lácteos, café)
postado em 19/07/2010

Bom dia Maria,
Muito obrigado pelas palavras de sucesso. Estamos apenas no início e essa luta difícil é demorada. Acredito que estamos no caminho certo, com conhecimento e tecnologias adequadas para o processo. Desde já agradeço a atenção e envio um grande abraço.
Alexandre

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade